Acqua Mundo: um passeio pelo aquário do Guarujá

Texto e fotos de Nathalia Molina

Chegamos ao Acqua Mundo, no Guarujá, num dia chuvoso. O aquário, aliás, é uma ótima pedida para um período de clima ruim no litoral. No escurinho da vida marinha não importa se está sol ou não.

Foto retirada do site
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

Meu filho, na época com 2 anos, adorou a ideia de ver peixinhos. Meu marido e eu também, pela oportunidade de mostrar todos aqueles seres que o Joaquim conhecia só pela decoração do quarto dele e pelo filme Procurando Nemo. Mas na hora de passar embaixo do enorme polvo inflável que enfeita a porta do Acqua Mundo (na foto ao lado, única desta página retirada do site oficial), bateu um certo medo no pequeno. Tive de tocar no bichão e mostrar que era de brinquedo e que podia ser divertido atravessar aquele túnel. O polvo de verdade vimos lá dentro.

Passamos por painéis explicativos, compramos um bilhete familiar e fomos nos aventurar pelo mundo marinho. O caminho é fácil de seguir e largo o bastante para segurar o movimento daquela manhã de um domingo de julho – não sei como ficaria no verão, quando uma penca de gente se transfere para o litoral.

De corais a pinguins

A bicharada é variada: tartaruga, jacaré, cobra, tubarão, pinguim, lobo-marinho, polvo e peixe que não acaba mais. O site do Acqua Mundo informa que o lugar tem “49 recintos (água doce, salgada, aquaterrários e terrários) com representações de vários habitats marinhos e terrestres”. É um barato percorrer os aquários que incluem de corais a plantas da Amazônia.

De acordo com o texto institucional do aquário, “entre invertebrados, peixes de água doce e salgada, aves e mamíferos são 235 espécies, totalizando 8 mil animais em exposição”. Mas não esperem um lugar enorme como esses números e o slogan de “maior aquário da América da Sul” podem fazer parecer. Se você lembrar que o Brasil tem 7.400 km de costa e se já visitou o Oceanário de Lisboa, fica difícil achar uma coisa fantástica… Mas, considerando nossas possibilidades tupiniquins, é um passeio legal para se fazer com crianças – quando se gosta de água, obviamente.

Uma super sacada do Acqua Mundo é manter um degrau perto dos aquários altos. A criançada consegue ver os bichos com proximidade e autonomia. Os pais agradecem também por não ter de ficar com os pequenos no colo o tempo inteiro.

Outra parte bacana da visita é que, ao longo do caminho, dá para ver ainda os bichinhos sendo cuidados e, em certos horários, alimentados nos ambientes onde vivem. Os monitores se preocupam em avisar aos visitantes que estão em outras partes do caminho o horário e o lugar da próxima alimentação. Nós vimos os pinguins almoçando. O Joaquim adorou, nós também.

Mergulho com tubarões

Àqueles que desejam, literalmente, fazer uma imersão na vida marinha, o Acqua Mundo oferece mergulho com tubarões e raias na companhia de um instrutor certificado. Não precisa ter experiência, basta coragem para entrar em um tanque com 4 metros de profundidade e 800 mil litros de água e poder fazer algo que mergulhadores profissionais são proibidos: tocar no animais.

Alguns tanques tem um nicho para a pessoa “entrar no aquário”. Ela se agacha e, dentro de uma caixa transparente, tem a sensação de estar entre os bichos. Em cada habitat, painéis explicam características e hábitos das espécies predominantes naquele espaço. No fim do passeio, estão tanques onde o visitante pode tocar em ouriços. Tudo organizado, com monitor perto. Terminamos o passeio no navio pirata, que faz a festa dos pequenininhos.

 

VALE SABER

Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 2.001, Praia da Enseada, Guarujá

Funcionamento: Em geral abre das 10 às 18 horas, mas o horário pode ser estendido. Está disponível para consulta por mês, dia a dia, no site oficial

Preço: Nós compramos um bilhete familiar para 2 adultos + 1 criança, que rende um descontinho. Sai por R$ 80. Por adulto, a entrada custa R$ 36; para criança de 2 a 12 anos, R$ 24. Outras opções de bilhete familiar: 2 adultos + 2 crianças a R$ 100; 2 adultos + 3 crianças a R$ 120; 2 adultos + 4 crianças a R$ 140

Alimentação A lanchonete serve para tomar uma água ou para comer algo rápido. Também há sorveteria e loja de doces

Compras: Achei a lojinha da entrada meio mirrada, com o espaço pequeno fica difícil ter ideia das opções. Dentro do Acqua Mundo, no fim do passeio, há a mesma loja da entrada, mas num espaço maior. Lá dá para fuçar melhor e descolar uns presentinhos. Na entrada, há ainda lugar para fazer tatuagem temporária e para comprar montagens fotográficas de pessoas com os bichos do aquário – eu acho meio bizarro, mas certamente tem quem goste, ou não existiria a opção ali

Dicas: Os monitores pelo aquário avisam se você estiver lá na hora da alimentação de animais. Mas, para saber o horário certo, acesse o site do Acqua Mundo.

O mergulho com tubarões e raias é permitido apenas para quem tem acima de 8 anos. Custa R$ 300 para iniciantes; R$ 250 para mergulhadores certificados, mediante apresentação de credencial. Ocorre de domingo a sexta, às 13 horas, e aos sábados e feriados, às 13 horas e às 19 horas

Site: acquamundo.com.br

Reserve seu hotel no Guarujá pelo Booking.com.

Booking.com

2 Comments

  1. Nathalia,

    Adoramos o seu texto e a sinceridade.
    Muito obrigada,

    Amanda Gonzaga
    Assessora de Imprensa do Acqua Mundo

    • Oi, Amanda, legal você ter me encontrado e gostado da leitura.
      Obrigada pela visita e pelo comentário, volte outras vezes!

DEIXE SEU COMENTÁRIO