Como Viaja na Alemanha: direto de Munique

20140408-224325.jpg

Por Fernando Victorino

E Munique ficou para trás.

Ficaram também seus museus, igrejas, seus jardins onde sua gente se estica no gramado sob o sol, ou senta num daqueles bancões de madeira, bebe cerveja e alimenta a alma — leia nossos textos sobre Munique.

Munique é propicia para passeios em família, especialmente ao ar livre. O Englisher Garten é dica para dias ensolarados, com direito a piquenique. Já o Deutsches Museum é programa para esquecer o relógio. Não é preciso ser um nerd para gostar de uma de suas 50 seções dedicadas à ciência e tecnologia. Só é difícil convencer uma criança a deixar o Kinderreich, área do mesmo museu onde adulto só entra acompanhando os pequenos.

Fazer esses programas em Munique consome tempo muito mais pelo tamanho das atrações do que pela distância entre elas. Vista do alto da torre da Neues Rathaus (nova prefeitura), na Marienplatz, você consegue ter uma boa noção da cidade e percebe o quanto tudo é mais perto do que se imagina quando só se observa o mapa.

Allianz Arena e Olympiapark (Parque Olímpico) podem ser alcançados de metrô a cerca de meia da região central. Nos dois casos há muito mais o que fazer do que simplesmente tirar fotos do local. No primeiro, o tour guiado, a passagem pelo Museu do Bayern (com direito a compras na lojinha do clube) e um almoço dentro do estádio são boas opções para visitar em família.

Em Munique, muitos pais e filhos circulam juntos a pé, de bicicleta, na rua, nos parques. E o Hellabrunn, zoológico da cidade, talvez seja o programa que melhor traduza esse clima-família. Quem sabe inspirado pela natureza que o cerca, o bando, ali, se reconhece.

Reserve seu hotel em Munique pelo Booking

20140408-224425.jpg

20140408-224600.jpg

20140408-224625.jpg

20140408-224851.jpg

20140408-224912.jpg

20140408-224926.jpg

20140408-224944.jpg

20140408-225006.jpg

DEIXE SEU COMENTÁRIO