Berlim: 7 curiosidades sobre o estádio olímpico

Berlim, Estádio Olímpico, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (4)
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

Estivemos no Estádio Olímpico de Berlim dois dias depois de o Berlim, Estádio Olímpico, Sala de Imprensa, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (3)Bayern de Munique ser campeão alemão numa partida contra o Hertha Berlin, time da capital da Alemanha. Principal estádio de Berlim, o Olympiastadion reúne história, mitos e fatos.

Conheça 7 curiosidades sobre esse monumento da Alemanha:

1 >> VOCAÇÃO ESPORTIVA

Localizado em Charlottenbourg, distrito de Berlim, a área onde atualmente fica o estádio foi, no passado, um local para corridas de cavalos. Posteriormente, o Hipódromo Grunewald deu espaço ao Estádio Nacional (Deutsches Stadion), construído para a Olimpíada de 1916, não realizada devido ao estouro da Primeira Guerra Mundial.

2 >> TAL PAI, TAL FILHO

Berlim, Estádio Olímpico, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (6)Otto March assinou os projetos de construção do Hipódromo e do Deutsches Stadion. O filho dele, Werner Otto, foi o arquiteto responsável pela criação do Olympiastadion, erguido para os Jogos de 1936.

3 >> MAIS RÁPIDO, MAIS FORTE…

O grande nome da Olimpíada de 1936 foi o norte-americano Jesse Owens, dono de quatro medalhas de ouro no atletismo. Ele venceu os 100 metros, 200 metros, a prova do salto em distância e o revezamento 4×100. Por ser negro, seus resultados são sempre reverenciados como resposta ao discurso de ‘superioridade ariana’ sustentado pelos nazistas. Até hoje há muita controvérsia sobre se Owens foi cumprimentado ou não por Adolf Hitler. Certo é que o velocista norte-americano batiza rua próxima ao Estádio Olímpico e possui espaço de destaque dentro dele.

Berlim, Estádio Olímpico, Jesse Owens, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (2)

4 >> BERLIM NAS COPAS

Berlim, Estádio Olímpico, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (10)Ao todo, nove jogos foram disputados no Estádio Olímpico de Berlim nas duas Copas do Mundo organizadas pela Alemanha. O Brasil estreou na edição de 2006 contra a Croácia. Venceu por 1 a 0, gol do meia Kaká. Outros cinco jogos, incluindo a final daquele ano, foram realizados em Berlim.

No Mundial de 1974, com o país dividido, a seleção que mais atuou no estádio foi o Chile: três jogos. As Alemanhas Ocidental e Oriental atuaram em Berlim uma vez cada.

5 >> PERDEU A COPA E A CABEÇA

As 69 mil pessoas presentes ao Estádio Olímpico de Berlim viram Zinédine Zidane desferir uma cabeçada no peito de Marco Materazzi e ser expulso aos 5 minutos da prorrogação da final entre França e Itália. A vitória nos pênaltis por 5 a 3 e o quarto título da Azzurra ficaram em segundo plano.

A agressão ao adversário que teria xingado sua irmã foi o último gesto da carreira de Zidane, que se aposentou ao final da Copa do Mundo de 2006.

6 >> BOMBA

Em 2002, durante escavações de uma reforma, operários encontraram uma bomba da Segunda Guerra debaixo de um setor de arquibancada do Estádio Olímpico de Berlim. O explosivo de fabricação inglesa falhou quando foi lançado e acabou não sendo detonado. A área foi evacuada para que técnicos desarmassem a bomba.

Berlim, Estádio Olímpico, Hertha Berlin, Alemanha - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (5)7 >> EM CASA DE FERREIRO…
Competição mais importante depois da Bundesliga, a Copa da Alemanha tem sua final disputada no Estádio Olímpico de Berlim desde 1985. De lá para cá, o Hertha, time manda seus jogos no estádio, chegou apenas uma vez à decisão do torneio. Com um time amador, perdeu a final de 1993 para o Bayer Leverkusen por 1 a 0.

Texto de Fernando Victorino

DEIXE SEU COMENTÁRIO