Centre Pompidou Málaga: novidade na arte da Espanha

Centre Pompidou Málaga, Arte na Espanha - Foto Retirada do Site

Fotos retiradas do site oficial

Terra de Pablo Picasso, a espanhola cidade de Málaga reforçou ainda mais sua vocação artística com a abertura da nova filial do Centre Pompidou, a primeira fora da França. A outra filial do centro cultural de Paris fica em Metz, na região de Lorena, no nordeste francês.

Inaugurado no fim de março de 2015, o Centre Pompidou Málaga está localizado no edifício envidraçado — e que já era dedicado à cultura — conhecido como El Cubo, na zona portuária. Só na primeira semana de funcionamento, o Centro Pompidou Málaga recebeu mais de 10 mil visitantes.
A cidade foi escolhida como ponto de partida de um projeto que busca levar para além da França a experiência e o renome do Centre Pompidou em exposições. Fundado em 1977, é um dos complexos culturais mais importantes e visitados da Europa. Abrange museu, teatros e biblioteca e oferece ampla programação de música, dança, cinema e palestras. Possui cerca de 100 mil obras de arte moderna e contemporânea.  O contrato firmado entre o centro cultural francês e a prefeitura de Málaga tem duração de 5 anos, com possibilidade de renovação pelo mesmo período.

Centre Pompidou Málaga, Arte na Espanha - Foto Retirada do Site 2
Ao todo, o acervo permanente do Centro Pompidou Málaga contará com 90 obras de artistas como Pablo Picasso, Francis Bacon, René Magritte, Marc Chagall, Frida Kahlo e Wassily Kandinsky, entre outros. Estão previstas ainda de duas a três exposições temporárias por ano.
VALE SABER
Endereço: Pasaje Doctor Carrillo Casaux, s/nº, Muelle Uno, Málaga
Transporte: Levam ao prédio do Pompidou Málaga várias linhas de ônibus da cidade, entre elas, 92 (turística), A (expresso do aeroporto), C1 e C2
Preço: 9 euros (exposição permanente mais temporária); 7 euros só permanente e 4 euros só temporária
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h30 às 20 horas — 15 de junho a 15 de setembro, das 11 às 22 horas
Site: centrepompidou-malaga.eu

DEIXE SEU COMENTÁRIO