Hofbräuhaus, cervejaria em Munique

Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

A foto do brinde é mesmo assustadora. Joaquim parece estar segurando uma caneca de cerveja com a gente. Então, é totalmente compreensível o olhar de reprovação dirigido a nós pelo senhor da mesa ao lado durante nossa refeição na Hofbräuhaus, restaurante da famosa cervejaria de Munique. Como assim dar bebida alcoólica para uma criança de 5 anos? O líquido do copo do nosso filho era tão igual aos nossos, com espuma e tudo, que tanto Fernando quanto eu tivemos de experimentar para tirar a prova. O sabor doce da maçã não deixava dúvida: era suco.

Fomos à Hofbräuhaus para provar as especialidades (de copo e de prato) e para entender por que o restaurante faz um sucesso danado entre tantas boas possibilidades que o visitante encontra para comer na capital da Baviera. Basta uma refeição lá, e tudo fica muito fácil. A comida é boa, mas o que se leva vai bem além. A atmosfera de taberna, os trajes bávaros dos atendentes, os canecões de cerveja, a bandinha típica de música alemã, enfim, o clima de Oktoberfest permanente em plena cidade.

hofbrauhaus-de-munique-cerveja-na-alemanha-predio-da-cervejaria-foto-nathalia-molina-comoviajaO que faz todo sentido quando se lê sobre a história da cervejaria Hofbräu, ou simplesmente HB, e sobre o começo da conhecida festa de Munique. Como cerveja oficial dos governantes da Baviera, ela foi servida no casamento do príncipe Ludwig (mais tarde, rei Ludwig I) com a princesa Therese de Saxônia-Hildburghausen — leia mais sobre um roteiro em Munique por pontos turísticos como Residência (Residenz), Englischer Garten e Viktualienmarkt, atrações ligadas à dinastia de Wittelsbach, que dominou a Baviera por mais de 7 séculos.

A Hofbräus é uma instituição da cidade, literalmente. Foi fundada em 1589 sob o governo do duque Wilhelm V, que gostava de cerveja, mas não estava contente com a que era produzida em Munique. Até hoje a marca pertence ao estado da Baviera, juntamente com a Weihenstephan, da cidade de Freising, que se proclama a mais antiga cervejaria do mundo, com produção desde o século 8, na abadia estabelecida lá por monges beneditinos.

cerveja-na-alemanha-hofbrauhaus-em-munique-foto-nathalia-molina-comoviaja

Como é a Hofbräushaus

Sob o teto pintado, com desenhos de carnes e vegetais e quadriculados da bandeira da Baviera, até 1.300 pessoas podem se sentar para provar cervejas e pratos típicos. Ou ainda pretzel — na Alemanha, chamado de brezel — e Lebkuchenherzen, biscoitos em formato de coração muito populares em festas do país, como a Oktoberfest de Munique e as feiras de Natal pelas cidades da Alemanha. Um rapaz passa com um grande cesto na mão vendendo as duas guloseimas clássicas do país.

viagem-com-crianca-desenho-na-alemanha-munique-na-hofbrauhaus-foto-nathalia-molina-comoviajaAlimentam a alma os músicos do palco no centro do salão. Todo dia tem banda típica alemã. Nos fins de semana, outros grupos também se apresentam no restaurante. Os músicos não estavam tocando quando chegamos, mas nós curtimos sentir depois a atmosfera regional toda composta. Já o pequeno Joaquim, que adora música, estranhou o volume. Gostou mesmo foi de se distrair desenhando e rabiscando suas primeiras frases no ‘kit-arte’, que carregamos para ele se entreter se quiser. Com 5 anos, ele tinha acabado de aprender a ler e ensaiava começar a escrever.

Essa área onde ficam as mesas é a Schwemme, espaço onde anteriormente a bebida era fabricada. O prédio onde o restaurante está instalado hoje foi construído para abrigar a fabricação de cerveja de trigo, ordenada pelo duque Maximilian I, em 1607. Desde sua fundação, em 1589, a HB funcionava na casa real, a alguns metros da localização atual.

Metade dos clientes diários do restaurante são frequentadores assíduos. Ainda hoje é mantida a tradição de terem lugar reservado. Algumas mesas estão lá desde 1897. Um grupo de policiais aposentados, por exemplo, bate ponto a cada primeira terça do mês. O rei Ludwig costumava ir à Hofbäuhaus diariamente, informa o site do restaurante, que mantém uma lista com os clientes frequentes. Todos, diz o texto, vão em busca do Gemütlichkeit, o aconchego, que o lugar oferece.

A Hofbräuhaus tem ainda um biergarten para até 400 pessoas. Atenção: é perigoso deixar para visitar a lojinha na saída. Depois de alguns canecos, pode ser ainda mais tentador levar vários produtos, como copos e abridores, para me ater ao tema.

O que comer e beber no restaurante

cerveja-alema-hofbrauhaus-em-munique-na-alemanha-foto-nathalia-molina-comoviajaDurante nossa visita à Hofbräuhaus, Fernando pediu um caneco padrão (com de 1 l de cerveja!) da versão original. Eu fiquei com a de trigo (wiesse), minha preferida. Mas ironicamente eu não estava conseguindo tomar muita cerveja naquele período — logo na minha 1ª visita à Munique… Então tive de deixar boa parte do meu copo. Coube ao meu marido o ‘sacrifício’ de terminar com a dele e com a minha. Pela foto, parece que não houve sofrimento, né?

Para combinar com a degustação, escolhemos salsichas com sauerkraut (chucrute) e schnitzel (milanesa de vitela) com batata. A dobradinha de pedidos nos acompanhou durante a viagem em família à Alemanha. Por mais que a gente se alimente da culinária alemã, parece que nunca chega ao ponto de enjoar.

cardapio-da-hofbrauhaus-cervejaria-de-munique-alemanha-foto-nathalia-molina-comoviajaEspecialidade regional, a weisswurst também está no cardápio, bem bonito, aliás, com sua capa desenhada. A salsicha branca começa a ser preparada na casa às 4 horas da manhã, como manda o costume de comer a iguaria, feita de vitela com toucinho de porco, sempre fresquinha. De acordo com a Hofbräuhaus, se fossem enfileiradas todas as unidades de weisswurst que o restaurante vende durante um ano, a extensão chegaria a 20 km. É da série curiosidade de almanaque, mas dá a medida (nesse caso, de fato) da popularidade do prato bávaro.

hofbrauhaus-em-munique-na-alemanha-viagem-em-familia-foto-nathalia-molina-comoviajaOs números grandiosos são uma constante na história da cerveja em Munique. Durante a Oktoberfest de 2016, por exemplo, a HB serviu 782.400 l de cerveja, 70.735 porções de meio frango e 6.294 pares de salsichas.

Por sua história e pela fama mundial, a HB é uma espécie de representante da cultura da cerveja de Munique no exterior. Conhecida internacionalmente, abriu filiais em alguns países, incluindo o Brasil. Desde 2015, existe uma Hofbräuhaus em Belo Horizonte — ou seja, é para ontem marcarmos uma ida à capital mineira para matar a saudade dos copões. Nos Estados Unidos, são 6 filiais, sendo a 1ª em Newport, cidade do estado de Kentucky, inaugurada em 2003. Assim como o duque Wilhelm V, muita gente quer ter cerveja de qualidade por perto.

VALE SABER

Endereço: Platzl 9, Munique — fica muito perto da Marienplatz

Funcionamento: Diariamente, a partir das 9 horas

Site: hofbraeuhaus.de

DEIXE SEU COMENTÁRIO