Comidas típicas de Portugal: 9 pratos e doces para provar

Veja pratos e doces para provar entre as comidas típicas de Portugal: bacalhau, alheira e pastel de Belém estão entre as receitas. Mas há muito mais para experimentar, prepare o apetite 

Pratos e doces portugueses sempre fizeram parte da minha história. Como carioca, não bastasse toda a estreita relação da cidade com nosso antigo colonizador, ainda sou neta de portuguesa. Então, a ideia de fazer uma lista de comidas típicas de Portugal me parece uma deliciosa tarefa. Vê só como você vai terminar o texto com água na boca.

Para uma carioca devoradora de bolinhos de bacalhau desde a infância, o petisco é meu preferido e também de muitos frequentadores de bares no Rio de Janeiro. Mas pratos e doces típicos de Portugal vão bem além dessa pequena perdição. É covardia. De entrada, tem ainda a saborosa alheira e o caldo verde, tão comum nas festas juninas no Brasil. O maravilhoso queijo Serra da Estrela, que é bom de qualquer maneira, puro, com pão ou como ingrediente.

O bacalhau é uma cultura no Rio. Servido de diversas formas: da receita à Gomes de Sá (tradicional no Porto), com batata, cebola, azeitonas, ovos e salsa); ao gratinado com natas, minha receita predileta.

E os doces, ah, os doces. Tem o imbatível pastel de Belém em Lisboa. Como de qualquer procedência porque me agrada aquela cremosidade, mas só considero pastel de Belém mesmo os da pastelaria em Lisboa. Depois que se come lá é difícil achar que qualquer um merece ser chamado assim. Mas a gente segue experimentando (vai que acha um, né?).

PASTEL DE BELÉM – Foto: Turismo de Lisboa/Divulgação

Abaixo está a lista das comidas típicas de Portugal para matar a vontade no Brasil em restaurantes especializados e botar no caderninho para experimentar os legítimos na próxima viagem à terrinha:

1 > BACALHAU: BOLINHO, LASCAS OU POSTAS

Ora pois ele não haveria de estar fora desta lista. O bacalhau (venerado por minha mãe e meu irmão, entre tantas outras pessoas que eu conheço) é mesmo um dos principais ingredientes portugueses no imaginário de muitos brasileiros. No Rio, Natal tem de ter bacalhau. Minha avó portuguesa gostava de preparar o tradicional com legumes (batata, cenoura e cebolas), mas eu sou mais chegada mesmo quando ele servido em lascas, não em postas. São tantas receitas possíveis, qual é a sua preferida? Outra forma imbatível de comer o peixe é na esplêndida combinação de massa com batata: o bolinho de bacalhau. Quando sequinho, crocante por fora e macio por dentro, cai perfeitamente com uma cerveja gelada no Rio.

Foto: Nathalia Molina @ComoViaja

2 > ALHEIRA DE MIRANDELA

A linguiça da região de Trás-os-Montes e do Alto Douro. Curioso que acabei conhecendo essa iguaria, nem no Rio nem em Portugal, mas em São Paulo. Eu gosto mesmo frita no azeite, mas dá para comer assada também.

Foto: Turismo de Portugal/Divulgação

3 > QUEIJO SERRA DA ESTRELA

As santas ovelhas da Serra da Estrela, na Beira, são responsáveis por essa maravilha. Tive o prazer de poder experimentar essa belezura in loco, numa queijaria na Serra da Estrela. Para comer de colher ou com um pãozinho (hum, delicinha!). Também provamos Fernando e eu na nossa maravilhosa viagem a Portugal o queijo em muitos pratos, combinado com bacalhau e filé mignon.

Foto: Turismo Serra da Estrela/Divulgação

4 > CALDO VERDE

É pura tradição do Minho. Qualquer friozinho mirrado no Brasil já é ótima ocasião para a sopa de batata, que leva linguiça e couve. Ainda mais, se você é do Rio. Cresci tomando caldo verde em casa no inverno. Também é facilmente encontrado em barracas de festas juninas.

Foto: Turismo de Portugal/Divulgação

5 > ARROZ DE MARISCO

Com lagosta e camarões graúdos, é o prato típico da Praia de Vieira de Leiria. Com uma combinação dessas como poderia dar errado? É servido diretamente do fogo, num tacho de barro, ainda fervendo. Com essa tacinha de vinho da foto, fica simplesmente irresistível!

Foto: Turismo de Portugal/Divulgação

6 > SARDINHA ASSADA

Antes de serem comidas com pão tostado na brasa, as sardinhas de Setúbal são cuidadosamente assadas em fogo brando. Tenho de admitir que não é meu prato preferido. No Rio, é extremamente comum, e eu já comi muita sardinha na vida. Mas nunca fui ao Beco das Sardinhas, lugar no Centro do Rio, indicado para comer o peixe assado. Talvez não tenha comido as legitimamente preparadas, até provar as assadas que Oldemário Touguinhó levava à redação do Jornal do Brasil. Eu era estagiária de Esportes e provei uma dessas. Revi meu conceito.

Foto: Turismo de Portugal/Divulgação

7 > LEITÃO DA BAIRRADA

Assado no espeto à lenha, tem a carne tenra e temperada com sal, alho e pimenta. Costuma vir numa travessa em pedaços, com batata e laranja. Este foi um dos pratos mais gostosos que já comi em Portugal, no centro do país. A princípio, fiquei meio cabreira. Me veio aquela imagem de um leitão com a maçã na boca. Eu adoro carne de porco, mas a ideia de ver o bicho inteiro me tira o apetite (ok, para muita gente não faz a menor diferença, mas cada um é cada um). Só que não foi nada disso. Veio em pedaços de carne macia, com pele crocante. Huumm… um sabor inesquecível.

Foto: Turismo de Portugal/Divulgação

8 > COZIDO À PORTUGUESA

Para muita gente, esse é o mais autêntico representante da influência da culinária portuguesa no Brasil, encontrado em diversos restaurantes do Rio de Janeiro. Leva carnes diversas (várias em embutidos), com legumes e verduras (são bem comuns, batatas, cenoura e couve). Prefiro quando é serviço com tudo separadinho nas travessas: carnes e legumes, arrumados lado a lado, e não misturados. Em Lisboa, também é encontrado em versões gourmet.

9 > PASTEL DE BELÉM

Vale a muvuca na pastelaria em Lisboa, bem pertinho do Mosteiro dos Jerónimos. Nenhum pastel de Belém genérico que você tenha provado vai chegar perto daquela gostosura. Coma ali mesmo quentinho com canela e também leve para o hotel — eles embalam em caixinhas com meia dúzia — para traçar, depois de muita caminhada, o doce geladinho pelo frigobar.

Pastelaria em Lisboa – Foto: Nathalia Molina @ComoViaja

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO