Festa da Colônia de Gramado 2017: programação grátis na Serra Gaúcha

Gramado faz a Festa da Colônia todo ano em homenagem a tradições de imigrantes que foram para a Serra Gaúcha. Programação é grátis. Apresentações de dança e pratos de comida típica são destaques

Comida, música, trajes e danças típicas de imigrantes da Serra Gaúcha estão na programação da Festa da Colônia de Gramado. Em 2017, o evento chega à 27ª edição, que segue até o meio de maio, celebrando as raízes e os costumes de produtores rurais do sul do país. Tradições de alemães, italianos e portugueses que moldaram essa região do Brasil podem ser conhecidos, com entrada grátis.

A festa, que costuma atrair em torno de 300 mil pessoas nos 18 dias de evento, é realizada nos pavilhões do ExpoGramado, o centro de exposições da cidade. Mas a cidade de Gramado toda se envolve na celebração à cultura dos imigrantes. As ruas recebem decoração temática e espantalhos, em homenagem à característica rural da festa.

Fotos: Cleiton Thiele/SerraPress/Divulgação

Na festa, bandinhas diversas animam o público, que também pode assistir a espetáculos de dança com grupos em trajes típicos dos imigrantes da Serra Gaúcha. Durante a celebração dos hábitos do interior de Gramado,  também são realizados jogos rurais, oficinas culturais e desfile de carretas.

Os visitantes da Festa da Colônia encontram produtos coloniais, como cucas simples e em versões de chocolate e de frutas, por exemplo; pães de milho, de aipim e com linguiça; e apfelstrudel (folheado de maçã tradicional entre os doces típicos da Alemanha). Em 2016, foram vendidos 24 mil bolinhos de aipim, 20 mil pães de linguiça e 13 mil cucas durante o evento.

Quem quiser provar algumas das delícias regionais pode experimentar cervejas e pratos típicos na Bier Platz, área para alimentação. O item mais consumido (cerca de 78 mil unidades) é o bolinho de batata, feito pela família Fassbinder, descendentes de alemães da comunidade de Linha Serra Grande.

 

Feira de produtos regionais

Além de provar pratos típicos e assistir a apresentações de dança de grupos de imigrantes, o visitante tem a chance de comprar produtos diretamente dos agricultores na Feira de Produtos Coloniais. Uma dessas famílias é a Ruppenthal, da comunidade de Linha Marcondes, lugar de forte imigração alemã, que passou a ter um estande na festa em 2017 para vender queijo, iogurte e doce de leite.

Os produtos mais procurados no primeiro fim de semana da festa em Gramado, no fim de abril, incluem salames, geleias, cucas, pães e a spritz bier — que, apesar do nome ‘bier’, não é cerveja, mas sim uma espécie de refrigerante alemão em álcool. Durante esse fim de semana, em torno de 70 mil visitantes estiveram no evento.

Promovida pela Prefeitura de Gramado, com realização da Gramadotur (empresa municipal que divulga o turismo na cidade), a Festa da Colônia ocorre no ExpoGramado, localizado na Avenida Borges de Medeiros, no Centro.

VALE SABER

Quando: Em 2017, até 15 de maio — quarta e quinta, das 10 às 22 horas; de sexta a domingo, das 9 às 23 horas

Site: facebook.com/festadacolonia

DEIXE SEU COMENTÁRIO