Festa do Imigrante 2017: museu em São Paulo com dança e pratos típicos

Museu da Imigração de São Paulo reúne na Festa do Imigrante 2017 dança, arte e pratos típicos de povos como italianos e japoneses. Também há contação de histórias do mundo para crianças

Desde o fim do século 19, chegaram a São Paulo 2,5 milhões de imigrantes (japoneses, italianos, portugueses e espanhóis, entre outros) e migrantes (a maior parte do Nordeste do país). Em sua 22ª edição, a Festa do Imigrante, realizada no Museu da Imigração, celebra essa mistura.

Uma das características mais interessantes de São Paulo é exatamente o resultado da junção de tantos povos. Vindos de diferentes países e regiões brasileiras, trouxeram para a capital paulista seus costumes, sua cultura e sua gastronomia, criando uma diversidade tão paulistana. Por isso, a Festa do Imigrante tem uma programação que inclui música, dança, artesanato e culinária.

APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS DE DIFERENTES CULTURAS – Foto: Antônio Siqueira/Divulgação

O evento presta homenagem a cerca de 50 nacionalidades. Quem for até lá pode checar 41 expositores de alimentação, 32 de artesanato e 45 grupos de dança e música. As crianças podem participar da recreação, com jogos e brincadeiras. No espaço Faz e Conta, há ainda contações de histórias do mundo, com os grupos Teatro por um Triz, Agrupamento Teatral e Lili Flor & Paulo Pixu — nos três dias da festa, ao meio-dia e às 15 horas.

Artesanato, dança e receitas típicas de imigrantes

Estão previstas oficinas e workshops para o público tomar um contato prático com diferentes atividades das comunidades de imigrantes que convivem em São Paulo. Um exemplo são as oficinas de artesanato, que incluem origami, bordado da Ilha da Madeira, patchwork de matrioskas e técnica de pintura de ovos da Lituânia (Marguciai). Também há workshops de dança, como polca paraguaia e estilos coreanos, russos e gregos.

DANÇAS TÍPICAS – Foto: Divulgação

Fãs de culinária podem aprender receitas típicas dos imigrantes. As oficinas gratuitas ocorrem no espaço Temperos do Mundo, em parceria com o projeto Sabor Paulista, uma iniciativa da Rede da Globo para valorizar a diversidade gastronômica de São Paulo.

PAELLA ESPANHOLA – Foto: Divulgação

Em 2016, aproximadamente 22.000 visitantes estiveram no evento, realizado na construção que abrigava a antiga Hospedaria dos Imigrantes do Brás.

VALE SABER

Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, nº 1.316, Mooca, São Paulo

Quando: 4, 10 e 11 de junho, das 10 às 18 horas — a bilheteria fecha 1 horas antes

Preço: R$ 10 (meia a R$ 5)

Booking.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO