Festa dos Santos Populares Portugueses 2017, no Rio de Janeiro

No Centro do Rio, Festa dos Santos Populares Portugueses tem comidas típicas de Portugal, vinho, fado e música brasileira no porto. Roupas tradicionais, bordados e louças portuguesas estão à venda ao lado do artesanato do Nordeste brasileiro

O Armazém da Utopia, no Porto do Rio de Janeiro, recebe a 2ª edição da Festa dos Santos Portugueses. Um festival com comidas típicas de Portugal, além de muita música e humor luso-brasileiros. A programação musical é aberta por Alceu Valença e encerrada pela cantora portuguesa Ana Moura, destaque na renovação do fado, e inclui ainda nomes como Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci.

A Festa dos Santos Populares Portugueses é organizada pela Natasha Artes, também à frente do Festival do Fado, realizado anualmente no Rio e em São Paulo. O novo lugar da festa, numa área de 5.000 m², fica perto do Aquário do Rio. Em 2016, em torno de 15.000 pessoas foram à Praça XV para participar do evento.

FESTA DOS SANTOS POPULARES PORTUGUESES 2016, NO PAÇO IMPERIAL – Foto: Cristina Gristina/Divulgação

Ao lado do artesanato do Nordeste brasileiro estão à venda no festival louças e peças de bordado portugueses. Também estão previstos desfiles de roupas tradicionais portuguesas da Casa do Minho. O público conta ainda com atrativo extra: o navio-escola Sagres, principal embarcação de treinamento da Marinha Portuguesa, aporta atrás do armazém e permanece aberto à visitação durante o evento.

A cenografia no Armazém Utopia fica por conta de Felipe Tassara e Daniela Thomas, dupla que dirigiu com Fernando Meirelles e Andrucha Waddington a cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio, em 2016.

Comida típica de Portugal

Barracas e restaurantes da Festa dos Santos Portugueses vendem pratos e doces típicos de Portugal: bolinho de bacalhau (uma tradição nos Bares do Rio de Janeiro), sardinhas assadas na brasa, punheta (salada de bacalhau desfiado), bifanas (sanduíche de carne de porco), pastéis de nata e ovos moles. Também há vinhos de Portugal — entre eles, o Porto — e a famosa ginjinha (licor de ginja).

Restaurante do Porto, o Madureiras trouxe para o Rio clássicos como tripas à moda do Porto e francesinhas (duas fatias grossas de pão de forma, ligeiramente torrado, com bife de vaca, linguiça, mortadela, salsicha fresca, queijo, molho quente, ligeiramente espesso e picante). Os doces são feitos pela Arte Conventual, confeitaria que mantém a tradição da doçaria portuguesa no Rio.

BOLINHO DE BACALHAU, UMA TRADIÇÃO NO RIO
PASTEL DE NATA DE BELÉM, EM LISBOA – Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

VALE SABER

Quando: Em 2017, de 9 a 11 de junho — na sexta, das 17 horas à 1 hora; no sábado, do meio-dia à meia-noite; no domingo, das 13 às 23 horas

Ingresso: R$ 30 — crianças até 12 anos, grátis. A venda é feita pelo Ingresso Rápido

Site: santospopularesportugueses.com.br

Booking.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO