Hotel & mel

Mais de 3/4 das plantações de alimentos no mundo dependem, de alguma maneira, da polinização animal, e o aumento do risco de extinção de espécies como abelhas pode ter forte impacto sobre a fauna e a flora no futuro e sobre a obtenção de comida para o consumo humano. O alerta foi feito por pesquisadores ligados à ONU, em relatório divulgado em 26 de fevereiro de 2016. Alinhados com a ideia de servir a seus hóspedes alimentos de origem local e atentos à necessidade de promover um mundo mais sustentável, alguns hotéis mantêm há anos a criação de abelhas em várias partes do planeta, em parceria com apicultores regionais.

Mapa do mel Relais & Châteaux

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Nos estabelecimentos da Relais & Châteaux, associação que reúne 540 luxuosos hotéis e restaurantes pelo mundo, o mel consumido no café da manhã dos hóspedes vem de apiários mantidos dentro das propriedades. No Saint James Paris, por exemplo, as colmeias foram instaladas no centro do jardim, perto da varanda do restaurante na capital francesa. No mesmo país, na cidade de Salieu, 200 mil abelhas negras da Borgonha vivem nos telhados do Relais Bernard Loiseau.

Relais & Chateau, Holanda, St Gerlach, Mel - Foto Divulgação
RELAIS & CHÂTEAUX ST. GERLACH, NA HOLANDA

Hóspedes do Château St. Gerlach, membro da associação na Holanda, provam sobremesas preparadas pelo chef e apicultor certificado Otto Nijenhui, e ainda acompanham o trabalho das abelhas da raça Carnica — em 2015, as 6 colmeias renderam 150 kg de mel ao hotel. Na Alemanha, os proprietários do Bareiss im Schwarzwald apostam no uso da geleia real como um dos principais tratamentos do spa do hotel, localizado na Floresta Negra.

No espanhol Abadía Retuerta LeDomaine, também Relais & Châteaux, é possível se sentir apicultor num passeio em que os hóspedes usam roupa especial para se aproximam das colmeias. O San Maurizio, na região italiana do Piemonte, produz o Mel da Abadia, mantendo a tradição iniciada pelos monges cistercienses no século 17.

Relais & Chateaux, Hotel, Italia, San Maurizio, Mel - Foto Divulgação
RELAIS & CHÂTEAUX SAN MAURIZIO, NA ITÁLIA

 

Na Fairmont, 360 kg de mel em Toronto

FAIRMONT ROYAL YORK - Foto retirada do site da rede
ROYAL YORK, NO CANADÁ – Foto retirada do site da Fairmont

Desde 2008, a rede de hotéis Fairmont mantém apiários em mais de 20 unidades, situados especialmente no Canadá e nos Estados Unidos — veja imagem da produção, acima deste texto (em foto retirada do site da rede hoteleira). No outono de 2011, foram colhidos pouco mais de 360 kg de mel na cobertura do histórico Fairmont Royal York, na canadense Toronto.

O programa conhecido como Bee Sustainable fornece mel para os bares e os restaurantes da rede e também contribui para a polinização de parques e jardins localizados próximos aos hotéis. No tradicional Château Frontenac, na cidade de Québec, o mel fabricado por 70 mil abelhas que vivem em quatro colmeias três vezes ao ano serve de base para pratos especiais preparados no Le Champlain, requintado restaurante do hotel no Canadá.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO