Aluguel de bicicleta no Parque Villa-Lobos, em São Paulo

No Parque Villa-Lobos, há várias bicicletas para aluguel. Veja como é fácil locar a bike e como é divertido o passeio em São Paulo. Duas empresas prestam o serviço: BikeGo, na entrada, e Bike Point, num posto perto do parque

ATUALIZADO EM 06 DE NOVEMBRO DE 2017

Há tempos eu queria ir ao Parque Villa-Lobos em família. Como nós morávamos perto da Avenida Paulista, quando vinha a ideia de parque, era sempre Trianon (em frente ao Masp) ou Ibirapuera. Mas essa realidade mudou em 2012. O Parque da Água Branca, na zona oeste de São Paulo, ocupou o lugar do Trianon como parque perto de casa, uma espécie de quintal com brinquedos e árvores. Faltava experimentar um espaço mais amplo, para atividades mais expansivas.

Finalmente fomos ao Villa-Lobos. Desde a minha última passagem por Montréal – onde experimentei voltar a pedalar após mais de 20 anos –, eu fiquei com aquela ideia de andar de bicicleta de novo. Se eu podia fazer isso em outra cidade, por que não em casa? Esse pensamento e um lindo sol de inverno foram essenciais para a nossa ida ao parque na zona oeste. Olha eu aí no pedal.

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (2)
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

Na entrada do Villa-Lobos é possível alugar bicicletas. Na ocasião em que descrevo aqui existia apenas essa opção, com a Green Point. Atualmente, quem aluga as magrelas na entrada do parque é a BikeGo. No início de novembro de 2017, Fernando e Joaquim foram ao Villa-Lobos e repararam que as bikes estão bem novinhas. Segundo o Fernando, apesar do movimento ser grande no sábado de feriado prolongado, os funcionários organizavam retirada, devolução e pagamento com relativa agilidade.

Outra alternativa para alugar bicicletas é a Bike Point, que fica dentro de um posto de gasolina BR, a cerca de 100 metros do portão de acesso. Lá no Vale Saber, nosso serviço no fim do texto, você encontra detalhes sobre as empresas.

Como foi o nosso passeio de bike

Então estávamos nós lá no Villa-Lobos para andar de bicicleta. Meu marido e eu decidimos pegar apenas uma bike de marcha para dividirmos. Assim um ficava com o Joaquim enquanto o outro pedalava. Era a primeira vez em que o Joaquim andava de bicicleta — ele tinha aprendido a se virar bem com o patinete, mas nunca havia subido numa magrela. Então, para nosso filhote de 4 anos, alugamos uma de rodinha.

 

 

Ciclista iniciante ou experiente

Entramos no parque e fomos para a ciclovia. Ficamos à direita para sentir como seria a velocidade. Nosso medo era de atrapalharmos o fluxo e acabarmos sendo ‘atropelados’ por ciclistas experientes. A surpresa foi ver famílias e mais famílias pedalando juntas. Vimos crianças ainda ganhando confiança sem as rodinhas. Quando alguém empancava, o restante desviava na boa. O Villa-Lobos que eu vi não é território de ciclistas profissionais, e sim, de gente disposta a se divertir, onde novatos são bem-vindos. Adorei!

Paramos diversas vezes ao longo da volta completa da ciclovia. Numa dessas paradas, fomos dar uma espiada na Marginal Pinheiros. Um barato ver aquele ponto do ângulo oposto, já que geralmente passamos lá embaixo de carro e vemos o parque no alto.

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (11)Ah, ao andar na grama, um importante aviso especialmente para as crianças, dado pelo senhor que guarda carros perto do Villa-Lobos: cuidado com as formigas! A região é cheia de formigueiros, fora e dentro do parque. Vimos isso claramente quando fizemos essa pausa para ver a Marginal Pinheiros do alto (olha o Joaquim entendendo onde estava; que lindo é uma criança descobrindo o mundo).

Reserve seu hotel em São Paulo pelo Booking

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (4)

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (12)

Sob um céu maravilhoso, nos divertimos muito pedalando em família. E, claro, tiramos muitas fotos juntos.

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (15)Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (16)Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (14)

Foi emocionante ver o Joaquim enfrentando o medo de cair, caindo e seguindo adiante ralado e, no fim, já fazendo curva e tudo sozinho! Vê a desenvoltura do pequeno já na saída da área de aluguel.

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (8)

No fim do passeio, paramos para descansar na sombrinha das árvores.

Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (18)

Picolé e pipa: haja pique!

Fomos devolver as bicicletas e tomamos um sorvete para refrescar. Há lanchonetes na entrada do parque, mas sem área para se sentar.

Pensa que acabou o gás do Joaquim? Que nada! Ele pediu para comprarmos uma pipa na porta do parque. Adivinha o modelo que ele escolheu? Um avião. Joaquim teve energia para pular atrás da pipa enquanto o pai empinava.Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (5)Parque Villa-Lobos, Passeio de Bicicleta, Bike, São Paulo - Nathalia Molina @ComoViaja (6)

Me sentei na grama para curtir aquela visão deliciosa: o céu azul de pano de fundo, o colorido do aviãozinho dançando no ar e um garotinho animadíssimo saltando para pegar a pipa. Que manhã de sábado.

Reserve seu hotel em São Paulo pelo Booking

VALE SABER

Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2.001

Funcionamento: Diariamente, das 5h30 às 19 horas. Durante o horário de verão, o parque fecha os portões uma hora mais tarde

Preço: A entrada para o parque é gratuita. No portão principal fica a BikeGo, empresa que atualmente aluga bicicletas e equipamentos: bicicleta (infantil ou adulto) e triciclo infantil, R$ 10 por hora; triciclo familiar, R$ 30 por hora; capacete, R$ 5 por hora e o combo capacete + cadeirinha, R$ 5 por hora. Após a 1ª hora, um novo aluguel será cobrado de 30 em 30 minutos. Aceita pagamento em dinheiro ou débito. Aluguel mínimo é de 1 hora.

Dica: ainda que a bike esteja novinha, não deixe de testar sua magrela dando umas pedaladas ali mesmo. Fernando já pediu umas duas vezes para trocar e os funcionários fizeram isso numa boa. Quanto mais fora do horário do pico do parque, mais chances você tem de encontrar uma bicicleta legal. Em caso de problema com a bike, basta ligar para o número que está no canhoto fornecido na retirada. Mas atenção: o socorro só é dado se você estiver passeando dentro do parque — a empresa não se responsabiliza por ocorrências na ciclovia da avenida em frente ao Villa-Lobos.

Para alugar é preciso ter mais de 18 anos. Basta apresentar um documento original com foto, fazer o cadastro, retirar a bicicleta e pagar na volta. O funcionário emite um recibo com o horário de início do aluguel, que será mostrado no momento da devolução. Pode-se alugar bike todos os dias, das 8 às 17 horas. Aceita dinheiro e cartão de débito.

Já a Bike Point está localizada no número 2.200 da avenida Professor Fonseca Rodrigues, onde fica a entrada principal do parque. De acordo com o site oficial da empresa, é necessário ter 21 anos para alugar. Você tem de apresentar um documento oficial com foto, um número fixo e outro de celular para deixar como contato. A locadora oferece bikes de vários tipos para adultos e crianças, além de triciclos e calhambikes (com capacidade para 2 adultos e 2 crianças). Os preços por hora variam entre R$ 15 e R$ 50. Acessórios como cadeira para criança e cesto para bicicleta custam R$ 25 cada. Aceita dinheiro e débito. Funciona todos os dias, das 8 às 19 horas.

Na internet, a empresa informa que oferece ainda os serviços de manutenção e conserto de bicicleta, com direito a leva e traz dentro do parque, sem custo adicional. E ainda vende peças e acessórios.

Dicas: Leve protetor solar, chapéu ou boné. Inaugurado em 1994, o Villa-Lobos ainda é um parque com poucas áreas de sombra. Hidrate-se, fique atento, principalmente com as crianças

Site: parquevillalobos.sp.gov.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO