Santos: o que fazer na cidade perto de São Paulo

O que fazer em Santos? Uma boa ideia na cidade perto de São Paulo é dar um passeio de bonde e visitar os museus sobre café e Pelé. É uma maneira de conhecer um pouco da importância dessa paulista

A pouco mais de 1 hora de carro do centro de São Paulo, Santos é a maior cidade do litoral paulista e dona também do maior porto da América Latina. O porto segue marcando presença até no turismo: a todo verão, é de lá que partem cruzeiros com saída de São Paulo. Tanta grandiosidade vem dos tempos do ciclo do café, cujo comércio e exportação impulsionaram o crescimento do município. Os sinais desse desenvolvimento são visíveis e visitáveis, especialmente nos passeios pelo centro histórico.

Da mesma maneira que levou ao mundo o nosso café, Santos fez o planeta conhecer também outro produto-exportação do Brasil: o futebol, na figura de Pelé. Os museus do grão e do craque estão entre os principais passeios a serem feitos pela cidade. De bonde, de preferência.

1 > ENTENDER A IMPORTÂNCIA DO CAFÉ

No prédio da antiga Bolsa do Café, aprende-se muito sobre a importância do produto para fortalecimento da economia e da imagem do Brasil no mundo todo. A exposição é dividida em 4 etapas e pode ser visitada com a ajuda de um mediador treinado para explicar de forma clara e didática a rica história do café. Degustação de café gourmet aos sábados e cursos de barista fazem parte do calendário de atividades do museu, que também recebe mostras temporárias. Ah, e não vá embora sem beber uma xícara de expresso na cafeteria premiada pela Associação Brasileira da Indústria de Café.

VALE SABER

Endereço: Rua XV de Novembro, 95

Funcionamento: De terça a sábado, das 9 às 17 horas — no domingo, abre às 10 horas; durante a temporada de verão, tem funcionamento estendido

Preço: R$ 10 — no sábado, a entrada é grátis

Alimentação: A Cafeteria do Museu abre de segunda a sábado, das 9 às 18 horas — no domingo, abre às 10 horas

Site: museudocafe.org.br

museu-do-cafe-em-santos-foto-victor-hugo-mori-museu-do-cafe-divulgacao
SALÃO DO PREGÃO – Foto: Victor Hugo Mori/Museu do Café/Divulgação

2 > DAR UMA VOLTA DE BONDE PELO CENTRO DE SANTOS

Tome seu assento e entre numa agradável jornada ao passado percorrendo o centro histórico de Santos a bordo do bonde turístico da cidade. O passeio de 5 quilômetros dá direito a descer e embarcar novamente em alguns dos 40 pontos de interesse cultural cortado pelos trilhos. É uma oportunidade viva para mostrar às crianças como era a vida antigamente.

Para os que acham que a verdadeira nostalgia só pode ser acompanhada por uma boa dose de melancolia, que tal rever seu conceito e beber um expresso a bordo do moderno Bonde Café? Nascido de uma parceria entre o Museu do Café e a prefeitura, o veículo temático circula pelo mesmo trajeto histórico da cidade. Ele leva 24 passageiros, que desfrutam de um vagão com ar condicionado, frigobar e com direito a degustação de café gourmet durante o passeio.

VALE SABER

Funcionamento: De terça a domingo, das 10h30 às 16h30, com saídas a cada 1 hora a partir da estação do Valongo — Bonde do Café tem saídas às quintas e sextas, às 10h30, 11h30 e 12h30

Preço: O ingresso custa R$ 6,50 — crianças menores de 5 anos no colo, grátis; pessoas acima de 60 anos, R$ 3,25. A passagem pode ser adquirida na bilheteria do Museu Pelé

Site: página da Secretaria de Turismo de Santos

bonde-cafe-em-santos-foto-museu-do-cafe-divulgacao
BONDE CAFÉ – Foto: Museu do Café/Divulgação

3 > CONHECER A HISTÓRIA DO REI PELÉ

Um casarão do Centro Histórico de Santos guarda cerca de 2.300 objetos do acervo pessoal do maior jogador de futebol de todos os tempos. Eles estão expostos em esquema de rodízio. Entre os itens, a caixa de engraxate que Pelé usava quando menino, camisas dos clubes em que jogou, fotos, vídeos e gravações que ajudam a contar a trajetória do Atleta do Século. Verdadeira imersão destinada a adultos e crianças, fanáticos por futebol ou não.

Para conhecer mais não só sobre Pelé como também a respeito do futebol brasileiro, visite na cidade de São Paulo o Museu do Futebol. Ele fica no Estádio do Pacaembu, na zona oeste da capital. Quem dá as boas-vindas por lá é justamente o Rei do Futebol, também retratado em imagens e lances ao longo da exposição permanente. É um passeio que fizemos várias vezes e recomendamos.

VALE SABER

Funcionamento: De terça a domingo, das 10 às 18 horas (bilheteria até as 17 horas)

Preço: A entrada custa R$ 10 — pessoas acima de 60 anos, portadores de necessidades especiais, R$ 5; crianças até 10 anos e alunos da rede pública de ensino, grátis

Site: página da Secretaria de Turismo de Santos

pele-como-goleiro-foto-fernando-victorino-comoviaja
PELÉ, O GOLEIRO – Foto: Fernando Victorino @ComoViaja

4 > VISITAR O MEMORIAL DAS CONQUISTAS DO SANTOS

Meninos podem gostar de ir ao Memorial das Conquistas, do Santos. Entretanto, se os pais não forem santistas, talvez não seja indicado levar o garoto ao campo do rival, ainda mais se tratando de gente do naipe de Pelé e Neymar, os únicos craques que têm espaço próprio dentro do museu, inaugurado no lendário Estádio da Vila Belmiro, também uma das etapas da visita.

VALE SABER

Funcionamento: De dezembro a fevereiro, o museu abre todos os dias, das 9 às 19 horas (nos demais meses do ano, só de terça a domingo e feriados, no mesmo horário — em dias de jogos do Santos o funcionamento está sujeito à alteração)

Preço: Visita monitorada (museu, camarotes térreos, sala de imprensa, vestiários e laterais do campo), R$ 15 — crianças de 7 a 17 anos; pessoas acima de 60 anos, sócios, R$ 7,50); visita simples (museu), R$ 8 — crianças de 7 a 17 anos; pessoas acima de 60 anos, sócios, R$ 4

Booking.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO