Tango em Buenos Aires, na Argentina

O tango é uma tradição argentina. Em Buenos Aires, shows, milongas e visitas guiadas embalam visitantes e moradores no ano inteiro. O ritmo é parte da cultura da cidade, com direito a um festival anual com competição mundial de bailarinos

ATUALIZADO EM 3 DE MAIO DE 2017

O ano todo tem tango em Buenos Aires. Não me refiro somente às apresentações de artistas de rua ou aos shows para turistas. Falo dos moradores e dos visitantes que fazem aulas e frequentam as milongas na capital argentina.

O tango é uma instituição do país e, desde 2009, é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. É tão importante para a cultura portenha que a cidade decidiu reservar um espaço inteiramente dedicado ao estilo. Desde fevereiro de 2010, o Teatro de la Ribera foi declarado como lugar oficial e exclusivo de tango em Buenos Aires. A programação lá é totalmente voltada para ele, com espetáculos, milongas, aulas e exposições.

FESTIVAL DE TANGO DE BUENOS AIRES – Fotos: Ministerio de la Cultura de Buenos Aires/Divulgação

A origem do tango e o festival anual

O estilo musical que deu fama mundial a Buenos Aires tem origem no século 19. Surgiu da mistura entre a cultura local (dos ‘gaúchos’) com influências da África, do Oriente Médio e da Europa, principalmente de imigrantes italianos e espanhóis que foram para essa região do Rio da Prata.

Quem quiser se sentir dentro do clima integralmente deve marcar sua viagem para Buenos Aires para agosto. É o mês em que o calendário tangueiro tem seu ápice na capital argentina, com o famoso Festival de Tango de Buenos Aires. Entre abril e maio, o ritmo musical e muitas milongas também podem ser apreciados nos bairros de Buenos Aires durante a realização anual do Campeonato de Baile de la Ciudad.

Onde ver shows e aprender sobre tango

Quem quer saber mais sobre o ritmo pode se inscrever num roteiro de tango em Buenos Aires, com visita guiada grátis. Os passeios a pé percorrem tradicionais bairros tangueiros e mostram a história e a vida de importantes personalidades do estilo, como Carlos Gardel e Anibal Troilo. Há 3 rotas oferecidas pelo Turismo de Buenos Aires: Tango Y Abasto (também disponível em inglês) e Entre Tangos Y Milongas, com dois roteiros, Circuito Verde e Circuito Amarillo (com um espetáculo musical no encerramento do roteiro). Um passeio por conta própria por bairros como Balvanera (na região de Abasto) e Boedo permite sentir a atmosfera tangueira presente em Buenos Aires.

O ano inteiro é irresistível ver também um show de tango em Buenos Aires, muitos deles com jantar. O passeio não é barato (talvez seja o maior investimento da viagem à capital argentina), mas vale a experiência. Entre as opções famosas estão os espetáculos realizados no El Viejo Almacén e no histórico Café Tortoni — um dos que ostenta o título de ‘bar notable’, dado pelo governo da cidade a lugares que tiveram significativa atividade cultural e que foram ponto de encontro de importantes personalidades. Se preferir um show de tango com produção mais moderna, vá ao Rojo Tango Show, bonito espetáculo apresentado no Faena Hotel.

DEIXE SEU COMENTÁRIO