Tapas espanholas, tradicionais delícias em miniatura

Costume à mesa, as tapas espanholas são tradicionais aperitivos em miniatura: quentes ou frios, com ingredientes como presunto cru. Geralmente são consumidas com vinho ou cerveja.

ATUALIZADO EM 8 DE JUNHO DE 2017

Sentar entre amigos, jogar conversa fora e provar, em miniatura, a culinária tradicional ou a alta gastronomia da Espanha: tapear. Frios ou quentes, as tapas espanholas (ou pintxos, assim chamadas no norte do país) são tradicionais aperitivos preparados de maneira rápida, regados por um bom azeite, normalmente acompanhados por vinho ou cerveja. Para a Real Academia da Língua Espanhola, toda pequena porção de alimento que escolte um trago se define com essas cinco letras.

RESTAURANTE TORERO VALESE – Fotos: Turismo da Espanha/Divulgação
RESTAURANTE GRÀCIA BAR

 

A origem do nome é controversa, mas a teoria mais aceita é a de que, num passado distante e poeirento, era costume no país ibérico usar um pratinho com um pedaço de pão, presunto ou qualquer outro alimento para cobrir (tapar) o copo e, assim, evitar que algum inseto ou sujeira caísse dentro da bebida.

PINTXOS, NOME DAS TAPAS NO NORTE DA ESPANHA

Na Espanha, o conceito é comer — sempre acompanhado por uma taça vinho ou cerveja — e partir para o bar seguinte, para repetir esse ritual, “ir de tapas”, como eles dizem. A iguaria tem até um dia mundial, celebrado em 16 de junho.

Em São Paulo, ir de bar em bar só “petiscando” ainda não é um hábito, mesmo assim as tapas já ganharam o gosto do paulistano, tanto que a cidade ganhou um evento só para aproveitar as delícias em miniatura. Concebido pelo Escritório de Turismo da Espanha, a Tapas Week teve 7 edições até 2015. Desde 2016, virou uma feira realizada pela Embaixada da Espanha no Unibes Cultural para celebrar o Dia Mundial da Tapa com gastronomia da Espanha em São Paulo. Uma oportunidade de levar à boca sabores únicos espanhóis, deixando uma pergunta na ponta da língua: vamos de tapas?

Booking.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO