Tapas, tradição da Espanha

Tapas, tradição da Espanha
RESTAURANTE TORERO VALESE – Fotos: Tapas Week/Divulgação

Sentar entre amigos, jogar conversa fora e provar, em miniatura, a culinária tradicional ou a alta gastronomia da Espanha: tapear.

Frios ou quentes, tapas (ou pintxos, assim chamados no norte do país) são aperitivos preparados de maneira rápida,  regados por um bom azeite, normalmente acompanhados por bebida alcoólica. Para a Real Academia da Língua Espanhola, toda pequena porção de alimento que escolte um trago se define com essas cinco letras.

A origem do nome é controversa, mas a teoria mais aceita é a de que, num passado distante e poeirento, era costume no país ibérico usar um pratinho com um pedaço de pão, presunto ou qualquer outro alimento para cobrir (tapar) o copo e, assim, evitar que algum inseto ou sujeira caísse dentro da bebida.

SANCHO GASTRONOMIA ESPANHOLA, PARTICIPANTE DA TAPAS WEEK - Foto: Divulgação
RESTAURANTE SANCHO

Na Espanha, o conceito é comer — sempre acompanhado por uma taça vinho ou cerveja — e partir para o bar seguinte, para repetir esse ritual, “ir de tapas”, como eles dizem. A iguaria tem até um dia mundial, celebrado em 16 de junho.

Em São Paulo, ir de bar em bar só “petiscando” ainda não é um hábito, mesmo assim as tapas viraram um sucesso, tanto que a cidade ganhou um evento só para aproveitar as delícias em miniatura. Concebido pelo Escritório de Turismo da Espanha, a Tapas Week teve 7 edições até 2015. Neste ano, virou a Feira Gastronômica Tapas Week — leia mais sobre o evento), levando à boca sabores únicos e deixando uma pergunta na ponta da ponta língua: vamos de tapas?

Booking.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO