Visto canadense: passo a passo de como tirar

Veja como tirar o visto canadense, em passo a passo com preço e pedido no VAC da VSF Global. Ainda: opção online e isenção com eTA. Abaixo você fica sabendo quanto custa a taxa para turismo no Canadá e conhece os formulários

ATUALIZADO EM 19 DE ABRIL DE 2017

Se você não está entre os brasileiros que podem pedir uma eTA para o Canadá (Autorização Eletrônica de Viagem na sigla em inglês), uma opção válida a partir de 1º de maio, veja como tirar seu visto canadense neste completo passo a passo que preparei abaixo.

Para servir de apoio ao pedido de visto do Canadá, existe o CVAC — abreviatura para Canada Visa Application Centre (em português, Centro de Solicitação de Vistos do Canadá). Localizados em São Paulo, no Rio e em Brasília, os CVACs (antes chamados de VACs) fazem a intermediação entre o viajante e o consulado para o pedido de visto. Eles são administrados pela VFS Global, empresa privada autorizada pelo departamento de Cidadania e Imigração do Canadá para operá-los no Brasil.

Também existem a possibilidade de fazer tudo online. O governo do Canadá lançou uma ferramenta para esse procedimento de pedido de visto. Nesse caso, não é necessário ir ao CVAC ou pagar taxas antecipadamente. Mas é preciso ter bom inglês para responder perguntas e entender o processo. Não testei esse método, mas passo as informações oficiais no fim deste post para quem quiser tentar.

Visto canadense, Canadá, VAC, São Paulo - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (4)
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

 

Isenção de visto canadense: a Autorização Eletrônica de Viagem (eTA)

Já está confirmada a isenção de visto com a eTA para o Canadá, a Autorização Eletrônica de Viagem (na sigla em inglês, eTA – Eletronic Travel Authorization) válida para alguns brasileiros a partir de 1º de maio. O governo do Canadá no Brasil fez um comunicado à imprensa em 19 de abril divulgando até a hora para a medida entrar em vigor: 10 horas (horário de Brasília). Em 31 de outubro de 2016, o governo do Canadá havia anunciado a intenção de liberar a eTA em 1º de maio. Mas, como a autorização para brasileiros que cumpram os pré-requisitos já havia sido anunciada em outubro de 2015, para valer a partir de 15 de março de 2016, e havia sido adiada, ficamos esperando a confirmação.

A eTA pode ser solicitada por brasileiros que já tenham conseguido visto do Canadá nos últimos 10 anos ou que estejam com visto de turista válido dos Estados Unidos. A opção custa apenas 7 dólares canadenses e o processamento do pedido é feito online e costuma levar somente alguns minutos, segundo informações do governo canadense. A eTA é válida por cinco anos ou até que o passaporte expire, o que ocorrer antes.

Reserve seu hotel no Canadá pelo Booking*

 

Passo a passo: como tirar o visto para turismo no Canadá

O interessante é ver que dá para pedir o visto sem despachante, com um pouco de atenção a detalhes. Eu percebi que alguns deles podem ajudar o viajante a não ter de pagar a mais ou perder a viagem ao CVAC. Reuni tudo aqui:

 

1º PASSO > PAGAR AS TAXAS NO BANCO

Esses comprovantes estão entre os primeiros documentos que eles conferem logo na recepção do CVAC. São duas taxas, e agora um depósito é feito no banco Santander e outro no Bradesco. Nos dois casos, a transação não pode ser feita em caixa eletrônico ou por meio de depósito em conta pela internet. Vá ao caixa físico da agência e fale com uma pessoa, como nos velhos tempos.

Vamos às taxas:

 

> TAXA DE PROCESSAMENTO DE VISTO PARA VISITANTE

QUANTO CUSTA > R$ 240 para visto de residente temporário (como é chamado o visitante), para múltiplas viagens ao Canadá (categoria existente desde fevereiro de 2014) ou para uma ida ao país.

Quando concedido esse visto de múltiplas entradas, ele vale até o fim da data de validade do passaporte. Ou seja, se seu passaporte expira em 2019, esse único visto permite viagens para o Canadá até lá.

Famílias que dão entrada a vários pedidos de visto em conjunto pagam no máximo R$ 1.210 no total.

Visto canadense, Canadá, VAC, São Paulo - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (2)

COMO PAGAR > Para pedidos de visto que não são realizados online (ou seja, feitos pelo método tradicional, no papel), existem 2 maneiras de pagar a taxa de processamento do visto.

Pagamento online: Essa forma exige que o viajante tenha cartão de crédito, email para receber o recibo da operação, Adobe Acrobat Reader instalado no computador para ler o recibo e uma impressora para imprimi-lo. Veja os detalhes e dê sequência à operação na página do governo do Canadá para pagamento de taxa online para pedidos no papel.

Depósito em conta: Tem de ser feito na conta bancária a seguir:

Banco Bradesco

Agência 2574

Conta 20273-8

Beneficiário CONSULADO GERAL DO CANADÁ EM SÃO PAULO

 

> TAXA DE SERVIÇO PRESTADO PELO CVAC

QUANTO CUSTA > R$ 82

COMO PAGAR > Essa taxa não precisa ser paga antecipadamente. O pagamento pode ser feito no CVAC em cartão de crédito ou débito, Visa ou Mastercard.

Para fazer o depósito antes, veja os dados da conta para crédito:

Banco Santander

Agência 0729

Conta 13000778-0

Beneficiário VFS BRASIL SERVICOS DE PREPARACAO DE DOCUMENTOS LTDA

Reserve seu hotel no Canadá pelo Booking*

 

 

2º PASSO > PREENCHER OS FORMULÁRIOS

Uma pergunta recorrente dos leitores desde que publiquei este texto, em 2013, é se todas as pessoas da família precisam preencher os formulários, mesmo se viajam juntas. A informação que encontrei na página do governo do Canadá sobre isso é de que, sim, todos têm de preencher. Os vistos de viagens em família podem ser solicitados juntos, mas cada pessoa tem de entregar todos os formulários preenchidos.

Nesta página do governo do Canadá, você encontra o link com o guia para fazer download dos formulários a serem preenchidos e entregues em papel. Para menores de 18 anos, os formulários são assinados pelos responsáveis.

 

> FORMULÁRIO DE CONSENTIMENTO DO CVAC: É o mais simples. Basta imprimir 2 vias e preencher os campos nome, endereço, cidade e país, email e telefone. E, claro, assinar. Esse formulário é encontrado neste link da VSF Global, empresa que presta o serviço do CVAC.

Visto canadense, Canadá, formulário de consetimento do VAC - Foto Reprodução da Internet

 

> PEDIDO DE VISTO DE VISITANTE (APPLICATION FOR TEMPORARY RESIDENT VISA) – IMM 5257: Esse é o formulário mais chatinho. Pode ser preenchido no computador (lindo!), mas pode não abrir. Comigo isso aconteceu nas 3 vezes. Mesmo atualizando para a última versão do Adobe Reader, nada de ver o formulário. Comentei com a funcionária do CVAC na 2ª vez em que tirei visto. Ela me informou que usar o Chrome como navegador costuma dar problema, que é melhor tentar no Explorer. Fiz o teste em casa na ocasião e o formulário segue sem abrir no Chrome, mas funcionou no Explorer.

Na hora de imprimir, lembre-se de validar o formulário antes. Além das páginas do formulário, no fim aparece mais uma com vários códigos de barra. Segundo aquela mesma funcionária do CVAC me informou, é necessário usar um PC pois no Mac não dá para imprimir o formulário com o código.

Visto canadense, Canadá, VAC, formulário imm5257 - Foto Reprodução da Internet

 

> FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES DA FAMÍLIA (FAMILY INFORMATION FORM) – IMM 5707: Esse formulário também pode ser preenchido no computador (adoro!). Depois é só imprimir. Se precisar parar o preenchimento, lembre-se de salvar o arquivo do documento no seu computador para não perder o que já preencheu.

Visto canadense, Canadá, VAC, formulário imm5645 - Foto Reprodução da Internet

 

> DECLARAÇÃO DE UNIÃO ESTÁVEL (STATUTORY DECLARATION OF COMMON-LAW UNION) – IMM 5409:  Esse formulário não existia na última vez em que solicitei o visto canadense, em 2014. Sua versão online é de abril de 2015. Mas, pelo que vi no site do governo do Canadá, é preencher e assinar.

Visto Canadense - Uniao Estavel - Formulario do Governo do Canada

 

> CHECKLIST DE DOCUMENTOS (DOCUMENT CHECKLIST) – IMM 5484: Nas três vezes em que tirei o visto canadense levei esse documento, mas não precisei entregar o papel preenchido. Apesar de ter letras e número de identificação e tudo, ele servia só como checklist mesmo. Mas nele está escrito que deve ser entregue junto com seu pedido.

Visto canadense, Canadá, VAC, formulário imm5484 - Foto Reprodução da Internet

Reserve seu hotel no Canadá pelo Booking*

 

3º PASSO: SEPARAR DOCUMENTOS

De um modo geral, são documentos que comprovam seu vínculo com o Brasil, que demonstrem que você tem condições de bancar a viagem e que mostrem o tempo em que você permanecerá no Canadá. Alguns exemplos:

> PASSAPORTE: Na data da viagem, o passaporte brasileiro deve ter pelo menos mais 6 meses de validade até o vencimento. Leve passaporte vencidos ou cancelados que comprovem histórico de viagens.

> COMPROVAÇÃO DA SITUAÇÃO FINANCEIRA: Leve a cópia da sua última declaração de Imposto de Renda e os três últimos extratos de conta bancária, além de outros documentos que possam ser relevantes (por exemplo, os 3 últimos contracheques/holerites).

> CARTA-CONVITE: Se for visitar um parente ou amigo no Canadá, a pessoa deve escrever em inglês ou francês uma carta-convite no seu nome e informar o período em que você irá visitá-la. Ela também tem de anexar uma cópia do documento que comprove sua situação legal no país. Para seu amigo ou parente saber o que deve constar da carta, ele pode consultar este link na página do governo do Canadá.

> CERTIDÃO DE CASAMENTO OU UNIÃO ESTÁVEL: Não aparece na lista de exigências, mas eu fiz uma cópia e ela foi anexada ao processo de pedido de visto em 2014. Levei também a cópia da certidão de nascimento do nosso filho nas duas vezes, mas as funcionárias disseram que não era necessária.

 

4º PASSO > TIRAR FOTOS E IR AO CVAC

Junte os documentos citados anteriormente e mais duas fotos 3 x 5, tiradas nos 6 últimos meses, sob fundo branco. A expressão facial deve ser neutra, com o olhar reto para frente. Nas 3 vezes em que pedi visto do Canadá, tirei a fotografia no CVAC, administrado pela VFS.Global. Atualmente eles cobram R$ R$ 11,70 por foto — saiba mais sobre o CVAC e veja os endereços e horário de funcionamento nas três cidades.

O CVAC oferece vários serviços pagos, como as fotografias que citei acima. Outras opções: cópias de documentos (R$ 0,80 cada uma), uso do computador para preencher os formulários (R$ 10,35), ajuda para preencher os formulários (R$ 49,95 por viajante) e envio de notificações via SMS durante o processo (R$ 4,85 por viajante). O valor dos serviços pode ser pago com cartão de débito ou crédito Visa e Mastercard.

Reserve seu hotel no Canadá pelo Booking*

 

5º PASSO > BUSCAR O PASSAPORTE

O prazo para o processamento do visto de visitante no Brasil atualmente é de cerca de 7 dias (informação de 13 de março de 2017), segundo o site do governo do Canadá — o prazo é atualizado semanalmente.

Para buscar o passaporte, é preciso levar o protocolo do pedido de visto e um documento com foto expedido pelo governo brasileiro e também uma cópia dele, que fica no CVAC. Nas vezes anteriores, levei o RG com cópia.

O CVAC oferece a possibilidade de entregar o passaporte em casa. O preço do courier regular é R$ 31,56 dentro da cidade de São Paulo, de Brasília e do Rio de Janeiro, para solicitações feitas nessas respectivas cidades — se for dentro desses Estados, custa R$ 36,93. Para o courier expresso, esses valores descritos sobem para R$ 49,57 e R$ 53,07, nessa ordem.

Durante todo o processo de visto que fiz em 2014, fui informada por email sobre o que ocorria com o meu pedido naquele momento (por exemplo: quando o passaporte deu entrada no consulado, quando foi encaminhado de volta ao CVAC e quando havia sido encaminhado à minha casa).

Em 2014, o visto estava demorando menos para ser expedido. Dei entrada no pedido em 3 de julho, por volta das 16 horas. O passaporte foi encaminhado ao consulado no dia seguinte, no meio da tarde. Em 10 de julho, ele foi mandado de volta ao CVAC, em torno das 9h30. Perto das 13h30, de 11 de julho, o documento foi enviado para a minha casa. Chegou em 15 de julho, no fim do dia. Contando o primeiro e o último dia, o processo todo levou 9 dias úteis.

Visto canadense, Canadá, VAC, São Paulo - Foto Nathalia Molina @ComoViaja (3)

 

Pedido online do visto canadense

Para dar entrada no pedido de visto pelo CVAC, o procedimento é como descrevo acima. Se você quiser tentar por conta própria pela internet, o governo do Canadá lançou uma ferramenta online. As informações a seguir foram obtidas em comunicados e páginas oficiais do país, mas eu não testei esse procedimento. Assim, não sei dizer se ele é prático e/ou fácil.

A ferramenta online exige do viajante bom inglês. Isso porque é preciso responder a um questionário, que leva uns 10 ou 15 minutos para terminar, de acordo com informação oficial. Depois dessas perguntas respondidas, o sistema determina se você está apto a fazer seu pedido online.

Caso esteja, responde mais umas perguntas e recebe um checklist dos documentos que devem ser enviados. Esse checklist contém um código válido por 60 dias, que deve ser digitado na hora de enviar seu pedido de visto online.

Também é necessário ter um cartão de crédito para pagar a taxa e ter os documentos adicionais escaneados. Quando tudo estiver providenciado, você tem de criar uma conta no site do governo do Canadá. Nesse momento, você digita o código do checklist de documentos. Aí tem de seguir o procedimento descrito no checklist.

O processo começa neste link com o questionário. Repito: não testei esse procedimento. Se alguém deu entrada no pedido de visto online, por favor, deixe um comentário contando como foi, para ajudar outros viajantes.


*Quando você reserva pelo Booking, um percentual do valor é repassado ao Como Viaja. Assim, você contribui para que a gente continue a escrever aqui. Conheça todos os parceiros do Como Viaja, que oferecem passagens, hotéis, guias e reservas de atrações

Booking.com

70 Comments

  1. Layla de Souza Guara Pedrosa

    Aonde esta a solicitação, eu não acho aonde começo a fazer ??

    • Oi, Layla, o que você procura é o link da VSF.Global?
      Se for isso, já incluímos no texto.

      Volte sempre ao Como Viaja! E siga a gente nas redes: busque por @ComoViaja

  2. Ana Maria Faria Renó

    Bom dia! Gostaria de saber se no formulário IMM 5645 devo incluir irmãos falecidos também.
    Obrigada

    • Ana Maria, como é uma dúvida muita específica, não sei responder. O indicado seria você entrar em contato com o VAC mesmo.
      Obrigada pelo seu contato!

  3. Manoela Oliveira

    Oi Nathália, adorei seu post, achei super explicativo. Porém, eu e meu namorado estamos entanto tirar o visto Canadense e ao fim do preenchimento do formulário IMM5257(04-2015) E não consigo que seja gerada a página do código de barras. Será que você pode me ajudar?! Obrigadaaa!!!!

  4. Letícia

    Olá Nathalia, achei muito interessante e bem completo o seu post, mas a minha dúvida é em relação ao 1º passo: é necessário pagar a taxa do consulado e do vac antes de enviar a documentação? Para depois anexar o comprovante com tudo isso? É necessário tambem preencher os formulários na forma do inglês senão o visto será recusado?
    Desde já agradeço!

  5. Melhor de que esse passo a passo, somente no VAC . parabens.

  6. Larissa

    Olá, gostaria de saber se consigo fazer esse procedimento sem despachante?

  7. Lisiane Vilhalba Prestes

    Boa noite,
    Achei muito interessante tuas dicas e acho que vou me arriscar fazendo o pedido on line.
    Sabes com quanto tempo de antecedência posso dar entrada no pedido? Vou viajar no final deste ano, mas se não me engano ainda não aceitam o pedido. É muito cedo. Saberias responder-me?

    • Lisiane, obrigada pelo comentário.
      Que eu saiba não há um limite com relação à antecedência para entrar com o pedido de visto. Eu entraria com o pedido informando que a data da viagem é no fim do ano.
      Espero que dê certo, boa viagem e volte sempre!

  8. Viviane Rocha

    Muito esclarecedor esse post, ajudou demais. Com as explicacoes dele consegui sanar minhas duvidas e finalizei todos os formularios. Muito obrigada pela disposicao em faze-lo.

  9. Melissa

    Ola Nathalia, gostei muito do seu post, está me ajundando bastante.. Tenho uma dúvida, vc mencionou que é preciso levar a certidão de casamento ou união estavel. Mas não vi esse item no check list dos documentos. Ainda não fiz minha certidão de união estavel, pois meu “companheiro” ainda consta como casado, apesar de estar, na prática, muitos anos separados. Nesse caso eles vão exigir mesmo assim a certidação de união estavel? Fico no aguardo….Obrigada!

  10. Ivan B Costa

    Posso pagar as taxas direto no VAC ao inves do ir ao HSBC e Santander?

  11. Raphael

    olá,Nathalia. Tenho uma dúvida meio banal, a assinatura do formulário IMM5257 deve ser físico(imprimo e assino)? ou basta preencher no PC divinalmente? Obrigado

  12. wagner

    Muito bom seu site, deu pra entender muita coisa. Estou há 3 dias navegando nos sites oficiais para tirar o visto e são muito ruins e confusos.
    Pra falar sobre o processo online: Tentei e desisti no meio, é insuportavelmente mal feito. Você começa, dá algumas informações e recebe um código para voltar depois. Mas ao voltar pra continuar não tem nenhuma indicação de onde você continua. Depois de muita navegação descobri que tinha que abrir uma conta (outro processo muito longo e chato). Fui em frente e abri a conta. Da terceira vez que entrei e novamente custei muito a achar o caminho para acessar minha conta ele pediu o tal código. Embora tivesse ele impresso na minha frente, o site não aceitou dizendo que estava errado. Perdi uma tarde inteira, nunca vi nada tão mal feito.
    Estou agora com os papéis e mesmo assim é confuso, pois há informações desencontradas nos diversos sites oficiais.
    Seu site ajudou bastante.

  13. Lays

    Você sabe me informar se a taxa de família de 500 dólares tem que ser paga? Estou indo com meu marido e 3 filhos

  14. Oi Nathalia admiro sua generosidade em compartilhar estas informações!!!

  15. Paulo

    Ola !! obrigado pelas dicas a cima mencionadas !!

      • Luiz Cordeiro

        Olá Nathalia.
        Estou preparando a documentação para o pedido.
        No preenchimento do formulário surgiu uma dúvida.
        Estou solicitando visto de residente temporário, que no preenchimento do formulário aparece como “VISITOR VISA”, quando chega no quadro “Detaisl of visito Canada” pagina 2, na pergunta proposito da visita, as respostas já vem disponibilizadas, aparecendo então as opções de turismo e estudo de curta duração.
        Preenchi e submeti o formulário com a informação que proposito da viagem é turismo, por achar que as viagens de estudo inserem-se em outro procedimento.
        Voce consegue me orientar nesse sentido? Posso colocar que o proposito é turismo, mas entregar documentos que declaram que vou para o estudo de curta duração?
        Posso submeter quantos formulários?
        Sei que estas questões talvez ultrapasse seu conhecimento, pois afinal, pode não ter surgido essas questões no seu processo?

        Suas informações foram as mais diretas que encontrei.
        Grato

  16. Mariana

    Apenas o IMM5257 precisa ser validado na hora de imprimir?

    • Olá, Mariana,
      Sim, só o formulário IMM5257 deve ser validado e, na impressão, deve sair uma página final com o código de barras. Essa página deve ser anexada à documentação.

  17. Ana Lucia Cairrão Godinho Trevisan

    Achei super claro a explicação da Natália de como tirar o visto canadense em cinco passos. Voçê ajudou muito não tendo que pagar para os despachantes que cobram um absurdo. Parabéns e obrigada!!!!! Bjos.

    • Fiquei feliz em saber disso, Ana Lucia!
      Obrigada pelo elogio! Boa viagem e, quando der, passa aqui para contar como foi.

  18. Adorei o post. Uma duvida se vou fazer um curso de 2 meses no canada o visto é de turista mesmo, posso pedir um visto como visitante ou preciso declarar que vou estudar e esperar a carta de aceite da escola canadense.

    • Noyra,
      Desculpa, só consegui responder agora. Fiquei afastada por uns problemas pessoais.
      Para estudar no Canadá, é necessário visto de estudante. Esses passos descritos no texto são para visto de visitante.
      Você conseguiu tirar o visto de estudante? Tem dicas para deixar aqui para quem vai fazer o mesmo?

  19. Olá estou iniciando o processo de visto canadense, no caso o visto de turista, sendo assim quem vai custear minha viagem é minha mãe, daí além dos formulários IMM5257 IMM5484 E IMM5645 e o consentimento do vac, tem algum outro que precisa preencher? Por que estou na dúvida de devo preencher o IMM5476 que se refere a utilização de um representante, ou só preciso enviar os comprovantes de rendimementos da minha mãe. Desde já agradeço!

  20. Ana Cristina

    Oi Tudo bem?
    Adorei o Post, muito esclarecedor. Gostaria que você me tirasse uma dúvida. Estou pretendo viajar em 2015 para o Canadá com meu esposo e filha de 5 anos. Tenho que responder o formulário IMM 5257 para cada um de nós? E a taxas pelo serviço do atendimento do CAV, vou ter também que pagar por cada um? Ouvi falar que tem a taxa de emissão do visto familiar (no caso de uma única taxa?). Desde já agradeço.

  21. Paula

    Boa noite. Estou com uma grande dúvida: estamos indo eu e o meu esposo ao Canadá, estou tirando o visto online só que estou em dúvida sobre os documentos, pois o aplicador é o meu marido, preenchi os formulários como membro da família que vai viajar com o aplicador. A dúvida é: De toda a lista de documentos e formulários pedidos (IMM5257, IMM5707 e IMM5713) só irão os dados do meu marido ou eu tb tenho que preencher esses mesmos formulários e fazer o upload dos documentos dele e dos meus junto?
    Grata.

  22. Thaynná

    Primeiramente OBRIGADA por esse post detalhado e cheio de carinho! Consegui dar a entrada no meu visto e o do meu namorado, sem precisar de agências. Eles postaram nossos passaportes hoje, e disseram para rastrearmos os mesmos pelo site do courier. Nos correios nao achei pelo código que me deram… Vc sabe se eles usam alguma outra empresa? Quando eles entregam, precisamos entregar algum documento? Estou aqui ansioooosa e apreensiva! (muito ruim isso de não darem a noticia por telefone ne? kkkkkkk) Obrigada mais uma vez!

    • Thaynná,
      Eu é que agradeço pelo carinho!! E peço desculpas pela longa ausência. Tive uns problemas pessoas e acabei não conseguindo tocar o Como Viaja de pertinho como fazia.
      Quando tirei meu visto, eu recebi mensagens de email me atualizando sobre cada parte do processo.
      Deu tudo certo com os vistos de vocês? E a viagem foi legal? Quando puder, conta para a gente.

  23. Neire

    Achei muito interessante seu post! Eu não sei se será aceito eu preenchi o formulário mm5257 de turista e na parte onde perguntam o endereço de alguém que conheço eu coloquei o nome de um hotel que pretendo ficar e o endereço,mas na vdd eu não conheço ninhuém lá.

    • Neire,
      Eu teria preenchido com o nome do hotel também. Deu certo? Já viajou? Quando der, conta para a gente.
      Desculpa a ausência, tive uns problemas pessoais e acabei tendo de ficar longe dos posts por um tempinho.
      Obrigada pelo elogio!

  24. Rebecca

    Oiii alguém pode me ajudar? Eu dou de Natal/RN e já comprei as passagens para ir pro Canadá! Mas eu to com muitas dúvidas para enviar o requerimento desse visto! Meu namorado é canadense e mora lá… eu vou ficar com ele. Mas aqui no Brasil eu não trabalho e não tenho como provar renda. Quem vai bancar a minha viagem são os meus pais! Eu tenho uma amiga que foi para o Canada e ela disse que o visto dela levou quase dois meses para sair! A minha viagem está programada para o dia 30 de dezembro. O que eu faço e como eu faço? Se eu colocar o comprovante de renda dos meus pais eu conseguirei facilmente o visto??? Me ajudem!! Pleaaase!!!!

    • Oi, Rebecca,
      Espero que tenha dado tudo certo com a sua viagem. Peço desculpas por não ter conseguido ajudá-la. Como expliquei na resposta à Gabriela, tive uns problemas pessoais e acabei tendo de me ausentar daqui do Como Viaja.
      Deu certo o visto? Se eu tivesse nessa situação, teria dito a verdade, que meus pais bancariam a minha viagem e mostraria comprovante de renda deles. Foi isso que fez? Conta depois para a gente. Em quanto tempo o visto saiu?

  25. Olá, fiquei em dúvida quanto ao formulário family information.. É sobre a minha família ou a família que vai me hospedar no Canadá? Vou fazer intercâmbio porém a agência ainda não me passou os dados da família..
    Desculpe a ignorância! Rs

    • Olá, Gabriela,
      Desculpe a ausência, por motivos pessoais, só conseguindo retomar o blog agora.
      Não sei se ainda adianta para você a resposta, mas pode servir para outras pessoas (não tem essa de ignorância, todos nós temos dúvida).
      No Family Information, vão dados da família do viajante. Eu, por exemplo, preenchi sobre meu marido, meus pais, meu filho e meus irmãos.
      Espero que você goste do intercâmbio, boa viagem!

  26. Camila

    Oi Nathalia! Entrei em contato com o VAC, mas eles não podem me dar essa informação. Me falaram que eu teria que entrar em contato com alguem que já viajou para o Canada. Agora eu realmente não sei o que fazer…

    • Oi, Camila, de repente tenta o Consulado do Canadá.
      Mas imagino que você terá de decidir mesmo como será sua viagem para preencher o formulário.

  27. Camila

    Oi Natália!! Adorei as suas dicas, foi tudo bem explicado. Estou tirando o visto por minha conta mesmo e irei enviar pelo correio. Surgiu uma duvida na hora de validar o IMM5257, eu não tenho parentes e nem um lugar definido para ficar no Canadá, estou indo para os EUA e o Canadá será minha porta de entrada, caso eu tenha tempo irei visitar alguma cidade canadense. Mas eu preciso preencher esse campo para validar o formulário, o que eu faço? Obrigada

    • Oi, Camila, obrigada! Fico feliz em saber que o post ajudou.
      Acho que você precisa decidir antes de preencher se vai ficar mais tempo. Mas você pode ligar lá no VAC e tirar a dúvida, de repente eles têm alguma informação adicional.

  28. Juliano Lopes

    Parabéns pelo post!

    Gostaria de saber qual é o formato do endereço para preencher o formulário IMM 5645 campo Present Adress.
    No formulário IMM 5257 o campo educação “nome do curso” tem que preencher em inglês ou português?

    Fico no aguardo.

    Juliano Lopes

    • Obrigada, Juliano!
      No IMM 5645, eu preenchi o endereço no formato brasileiro mesmo (Rua…, Avenida…).
      As outras informações nos dois formulários preenchei todas em inglês. No caso do nome do meu curso na universidade, ‘Journalism’.

      • Juliano Lopes

        Obrigado Nathalia me ajudou muito.

      • Juliano Lopes

        Nathalia! No VAC precisa agendar horário para levar documentos ou não?

      • Não precisa agendar horário, Juliano.
        É só pegar senha para o atendimento na chegada ao VAC.

  29. Adriana

    Excelente post. Claro e didático. Porém, no meu caso, estou precisando desesperadamente informações sobre como conseguir o visto de trânsito canadense. Me parece que o processo deve ser feito on line e é isento de taxas, mas é muito complicado. Alguém poderia me ajudar?

    • Oi, Adriana, que bom que achou o post útil!
      Nunca tirei o visto de trânsito, mas pelo que sei é isento da taxa do consulado sim. Você poderia dar entrada online ou pelo VAC (mas nesse último caso, imagino que você tenha de pagar a taxa de serviço do VAC). Confirmo isso e te aviso.

  30. claudia

    otimas dicas…bem claras….só queria saber se vc sabe de algum formulario de familia traduzido…pois meu ingles é triste….e quanto a um formulario complementar…quem deve responder? em outros sites falam de um formulario que tem que ser preenchido a mao……achei estranho.obrigada . cláudia

    • Obrigada, Claudia!
      Procurei, mas não encontrei o formulário de família traduzido não.
      O formulário complementar a que você se refere é o schedule 1 do IMM 5257? Também fiquei na dúvida se precisava preencher. Cheguei a preencher, mas lá no VAC o funcionário me disse que eu não precisava entregar esse. Vou tirar essa dúvida e completo no post.

      • claudia

        Obrigada pela resposta. Ontem traduzi o formulario de familia..muito simples. Perguntei no vac sobre o formulario complementar e disseram que conforme for suas respostas no formulario principal, vc tem que responder o complementar. Acho que se referem aquelas ultimas perguntas sobre serviço militar….doenças..etc….abraço!

    • Ah, sobre o formulário que tem de sempre preenchido a mão, talvez seja uma informação antiga, Claudia.
      Em 2013 ou 2012, eu me lembro de preencher a mão o formulário de família, se não me engano.

  31. Ellen Dantas

    Boa noite Nathalia, adorei suas dicas!
    Estou planejando viajar para o Canadá. Depois de ter pago a taxa antecipada e preenchido os formulários é preciso ir ao VAC pessoalmente ou posso anexar e realizar o processo online? Desde já agradeco.

    • Olá, Ellen, que bom que gostou das dicas!
      Qual das taxas você pagou? A do Consulado, de R$ 200? Ou a do VAC, de R$ 62,60?

      • Ellen Dantas

        Então, ainda não paguei nenhum. Só tenho dúvida sobre o envio dos documentos, comprovante de pagamento… Quero saber se tenho que ir pessoalmente, ou posso enviar via correios? Outra dúvida, tem que fazer login para enviar documentos ao VAC?

      • Oi, Ellen,
        Para tirar o visto usando o VAC, tem de seguir os passos que eu explico no texto. Foi o modo como eu tirei o meu.
        Para fazer por conta própria, agora há uma nova ferramenta online. Não testei esse procedimento, mas incluí no texto as informações do governo do Canadá para quem quiser tentar desta forma. Se usar essa ferramenta online, agradeço se voltar aqui para contar como foi a sua experiência. Assim, ajuda outros viajantes também.
        Boa sorte!

  32. Daniel

    Excelente post! De todos que li, é o mais claro e atualizado! Estou indo dar entrada no meu visto amanhã e usei seu post como checklist!!! A novidade da não comprovação de renda para quem esteve nos EUA recentemente reduz muito a burocracia. De qualquer forma eu já tinha impresso tudo até chegar aqui. Obrigado! Assinei seu feed tb! 🙂

    • Daniel, que comentário para me deixar feliz esse seu! Fiquei muito contente de saber que meu texto foi útil e que estava claro.

      Espero que dê tudo certo com seu visto e com sua viagem ao Canadá! Volte sempre por aqui!
      Para receber as novidades do Como Viaja! por email, o link é esse: http://mad.ly/signups/90213/join.

  33. Silvania

    Olá! Tirei meu visto para o Canadá esse mês e foi tranquilo. Paguei no Banco a taxa do visto (R$ 200,00). Tem que pagar antes de ir ao CVAC. Optei por preencher os formulários em casa (vc pode pedir ajuda no CVAC, mas paga por esse serviço, separadamente). Preenchi os formulários de Consentimento CVAC; o Visitor Visa Form – IMM 5257 e o Family Information Form – IMM5645, Levei também o Checklist de Documentos – IMM 5484, mas funcionou como check list e a recepcionista nem ficou com ele. Como documento, só o passaporte, pois importante ressaltar que houve uma mudança bem recente, creio que em abril/14, a qual beneficia quem tem visto americano válido, pois não precisa mais comprovar situação financeira. Chegando lá, paguei as taxas pelo serviço do atendimento do CAV (R$ 62,60) + pelas fotos que tirei lá (8,91) + receber o SMS com o andamento da solicitação (R$ 4,02). Com 7 dias úteis meu visto estava liberado. Acesse esse link, que é super útil e nada fácil de encontrar: http://www.canadainternational.gc.ca/brazil-bresil/visas/52_1.aspx?lang=por
    Um abraço,

    • Olá, Silvania,
      Obrigada por ter deixado um comentário bem completo! Eu também acabo de entrar com o pedido de visto e vou atualizar este texto com o que vi de diferente na prática, depois da mudança de abril de 2014. Não tive de apresentar comprovante da situação financeira.
      Espero que sua viagem ao Canadá seja um sucesso! Volte mais ao Como Viaja!, o país está sempre por aqui, já que vou com frequência para lá.
      Abraço

  34. jorge

    MUITO UTIL. USEI PRA PEDIR O MEU VISTO!!!

    • Jorge, fiquei muito feliz com seu comentário, como é bom saber que o que eu escrevi foi útil!
      Obrigada por vir aqui me deixar esse retorno, volte sempre

  35. lidiane

    olá, boa tarde! Solicitei meu visto tb, o residente temporario, minha familia e eu,só quero me certificar se teve casos que não foram pedidos exames medicos, alguem sabe me informar?
    boa tarde!

    • Olá, Lidiane, que eu saiba não é pedido exame médico para o visto de turista do Canadá (residente temporário).
      O site oficial não menciona essa exigência, e eu também nunca soube de ninguém que teve de fazer isso para viagem de turismo.
      Obrigada pela visita, volte sempre!

  36. Juliana

    Obrigada pelas informações.
    Estou fazendo o procedimento todo pelo site, mas suas informações, principalmente a respeito do formulário IMM 5257, que só abre no Internet Explorer, ajudaram muito! Já estava a 1 hora tentando abrir, entre atualizações do adobe e reinicializações do computador.

  37. Daniele

    Oi tudo bem?
    Não consigo acessar o site do VAC. Vc sabe me dizer se mudou o procedimento para o visto?

    • Oi, Daniele, pelo que sei continua tudo igual, apenas mudou a empresa que prestava o serviço dos VACs para o Canadá. Por isso, trocou o site. Já botei o novo no post. Vou revisar o post por completo quando voltar de viagem, pois sei que alguns endereços dos VACs mudaram também.

      Atualmente estou pela Europa, se quiser me acompanhar: @ComoViaja no twitter e no instagram ou facebook.com/ComoViaja.

      Obrigada pela visita, volte sempre!

      • Henrique

        Olá Nathalia, os links eu não verifiquei, mas as taxas mudaram. Desde 01/10/14 não se tem mais visto de entrada unica, e o visto de múltiplas entradas está no valor de R$215. E a VAC R$ 69,41.

      • Olá, Henrique,
        No post já estava a informação sobre a existência de apenas o visto de múltiplas entradas desde fevereiro de 2014.
        Os valores foram corrigidos em 1 de fevereiro de 2015. O custo para o pedido de visto agora sai por R$ 210 por pessoa, segundo informações do governo do Canadá.

DEIXE SEU COMENTÁRIO