Museu da Imigração, em Nova York: Ellis Island exibe a história

Em Nova York, o Museu da Imigração pode ser visto no passeio à Estátua da Liberdade. A Ellis Island exibe depoimentos, fotografias e objetos de época
Ellis Island abriga o Museu da Imigração de Nova York - Foto: Marley White/NYC/Divulgação
Ellis Island abriga o Museu da Imigração de Nova York - Foto: Marley White/NYC/Divulgação

ATUALIZADO EM 2 DE MARÇO DE 2019

Nova York é a cidade do mundo que melhor traduz o termo cosmopolita. Um lugar onde todo mundo pertence e ninguém é dali. No início do século 20, os imigrantes chegavam à cidade por Ellis Island, ilha ao sul de Manhattan. Lá fica o National Museum of Immigration, o Museu da Imigração em Nova York. Ellis Island fica perto da Statue of Liberty, cartão-postal nova-iorquino e símbolo dos Estados Unidos.

Para chegar lá, os barcos da Statue Cruises partem do Battery Park, parque no sul de Manhattan — existe também a opção de sair de New Jersey, do Liberty State Park. As embarcações levam tanto à Ellis Island (a do museu) quanto à Liberty Island — saiba mais em ingresso da Estátua da Liberdade: preço e como comprar. Essas áreas são administradas pelo National Park Service, órgão federal que cuida dos parques americanos. Para visitar as duas, embarque de manhã para o passeio.

Além dos ingressos vendidos pela Statue Cruises, há muitas possibilidades para visitar o cartão-postal de Nova York e o Museu da Imigração, de um passeio de barco perto da Estátua da Liberdade (sem parar para desembarque na ilha onde se localiza) a um tour à Estátua da Liberdade e à Ellis Island com guia e embarque prioritário.  De acordo com o National Park Service, a espera para embarcar no ferry pode levar até uma hora e meia nos meses de maior visitação, entre abril e setembro.

Desembarque na ilha do Museu da Imigração – Foto: Julienne Schaer/NYC/Divulgação

Sempre gostei do sul de Manhattan. Os prédios altos espelhados no contorno da ilha, o Pier 17, pequeno shopping com uma varanda para a Brooklyn Bridge (a famosa ponte que liga a ilha ao bairro que dá nome a ela) e o Battery Park, de onde saem os barcos para a Estátua da Liberdade e a Ellis Island. Na década de 1990, o prédio havia sido todo restaurado, mas a estrutura do museu em si não era lá grande coisa. Mesmo assim, fiz questão de visitar porque sempre me atraíram histórias de cidades feitas por pessoas de várias partes — olha aí meu interesse também por São Paulo.

Depois a estrutura do museu foi melhorada. Já nos anos 2000, estive na Ellis Island numa festa linda do Pow Wow, como se chamava o encontro da indústria de turismo dos Estados Unidos. Além de curtir música, comes e bebes e fogos no jardim, pude visitar as salas da instituição. Que diferença! A bela estrutura física ganhou um museu bem montado, com muitas fotos e artigos de época.

[ppromo_passagens origin=”SAO” destination=”NYC” limit=”3″ header_text=”Voos entre São Paulo e Nova York” tags=”post estatua da liberdade” show_logo=”false” /]

Ellis Island exibe história da imigração em images e objetos

Com bela arquitetura restaurada, o Museu da Imigração em Nova York possui três andares. Neles, estão expostos depoimentos, fotografias e artigos de época, doados pelas famílias de imigrantes que passaram por ali na chegada aos Estados Unidos.

Bela arquitetura de Ellis Island restaurada – Foto: Julienne Schaer/NYC/Divulgação

Para quem quiser se aprofundar no assunto, existe a possibilidade de fazer uma visita guiada  pelo antigo hospital dos imigrantes — paga à parte, com reserva, para visitantes acima de 13 anos. O tour dura uma hora e meia e dá acesso também à lavanderia, com cerca de 3.000 peças originais.

[seguros_promo_shortcode ideal_para=”6″ ideal_para_lbl=”América do Norte” theme=”card-large” show_logo=”false”/]

VALE SABER

Horário: A Ellis Island abre todos os dias (exceto em 25 de dezembro). O horário de funcionamento varia de acordo com a estação. Em março de 2019, a agenda mostrava o primeiro ferry saindo do Battery Park às 9h30 (mas esse horário pode mudar para 8h30 em certos períodos) e o último deixando a Ellis Island às 17h15

Preço: O ingresso da Estátua da Liberdade inclui a visita à Ellis Island. Na Statue Cruises, custa US$ 18,50  — crianças de 4 a 12 anos, US$ 9; até os 3 anos, grátis; acima de 62 anos, US$ 14. Para quem for até a coroa da estátua, sai mais US$ 3

Alimentação: O Ellis Island Café inclui lanches preparados com ingredientes orgânicos

Compras: A lojinha do museu tem opções de souvenir, que incluem roupas e bijuterias inspiradas em diferentes culturas

Site: nps.gov/elis; variadas opções de ingressos e tours para Estátua da Liberdade e Ellis Island

4 respostas

  1. Oi Talha,

    Como ja nos falamos, você ja sabe que nos ja voltamos de NY!! Você tem razao é de ficar louco!! Tivemos pouco tempo e queriamos muito ficar mais uns 3 dias no minimo. Em breve voltaremos para completar o roteiro que você nos deu!!
    Parabens pelo blog e desculpa a falta de acentos pois meu teclado é francês.

    Beijo

    Carlotinha

  2. Oi Nathalia! Como vai?
    Sim, sou sua colega da FCS, lembra?
    Bem, gostei muito do seu blog e o tema Viagem muito me agrada.
    Me despertou a curiosidade esse post sobre Nova York.
    Você poderia nos presentear com uma sequencia sobre a cidade? Seria muito bacana! É um lugar que eu gostaria muito de conhecer, então enquanto não vou, viajo por aqui.
    Beijos, Parabéns e Sucesso!

    1. Oi, Alexa,
      Tudo bem? Sim, pode esperar muitos posts sobre Nova York. É uma cidade incrível! Quando puder, vá conhecer.
      Você pode deixar seu e-mail aí ao lado, em Próxima Parada, para ser avisada sobre novos textos. Se algum chamar sua atenção, você passa por aqui e dá uma olhadinha.
      Beijo, obrigada,
      Nathalia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *