Munique: tour guiado na Allianz Arena

Por Fernando Victorino

Dentro do estádio, no nível intermediário das cadeiras, a visão que se tem do gramado da Allianz Arena lembra muito a do Estádio do Pacaembu, em São Paulo, onde, às vezes, é possível escutar os jogadores falando, principalmente nos jogos com pouca torcida, tamanha proximidade da plateia com o campo.

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (10)
Fotos: Nathalia Molina @ComoViaja

No estádio construído para a Copa do Mundo de 2006 é quase impossível ouvir o falatório dos atletas, já que seus 57 mil lugares são tomados durante o ano todo por fãs do Bayern e do rival Munique 1860. Vazio durante a visita que fiz durante uma manhã de primavera, o silêncio reinante foi quebrado pelo som da máquina de cortar grama.

‘Nosso atual técnico, Pep Guardiola, é muito exigente. Quer que o gramado seja sempre aparado de modo que fique bem rente. Exige também que a grama seja molhada para que a bola role mais depressa’, explica a guia, que arremata com certa ironia: ‘Bem, nosso treinador gosta de ter o controle de tudo por aqui’.

Não foi à toa que Pep mandou instalar uma sofisticada e moderna aparelhagem para fazer suas prelações ao time antes dos jogos, no vestiário. É no ambiente mais sacrossanto do futebol que ouvi o nome de Guardiola vir acompanhado de uma pequena maldade associada com feng shui, expressão chinesa que relaciona fluxo de energia com a harmonia de um espaço. Difícil é acreditar que com um gramado daqueles e um vestiário amplo e organizado a harmonia não prevaleça.

No vestiário do Bayern

No tour os visitantes têm direito de escolher qual dependência querem visitar. Formado por outros brasileiros, dois argentinos e um chinês, nosso grupo escolheu o lado do Bayern. De acordo com a guia, o Munique 1860 usa espaço com características semelhantes, mas sem a cor vermelha — vale visitar o Museu do Bayern, que vimos nesse mesmo dia.

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (2)Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (3)

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (14)A divisão do estádio entre os rivais inclui mudança de cor do revestimento externo, em plástico fino, leve e resistente. Por fora, a Allianz Arena lembra um pneu de carro. Nos jogos do Bayern, luzes vermelhas se acendem. O azul dá o tom em partidas do 1860. Quando é a seleção da Alemanha que joga por lá, prevalece a neutralidade do branco. Só não há divisão na ampla sala de imprensa, onde adotou-se o neutro cinza para as cadeiras dos técnicos e dos jornalistas.

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (15)

A visita passa por vestiários e corredores internos e termina no corredor que leva à subida ao gramado. Excepcionalmente, a porta que dá acesso ao campo estava aberta, fato raro. Pudemos então percorrer o caminho que Dante, Lahm, Ribéry, Robben e outros passam antes de cada jogo.

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (7) Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (6)

Ponto alto do tour, essa entrada simbólica fica mais emocionante quando a guia põe para tocar o hino oficial da Uefa Champions League. Ao contrário do que fazem os atletas, nossa subida termina no último degrau, onde uma fita não nos permite pisar o gramado que segue sendo cuidadosamente cortado, como manda Pep Guardiola.

Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (17) Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (4) Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (5) Allianz Arena, Munique, Tour guiado, Alemanha - Nathalia Molina @ComoViaja (16)

Reserve seu hotel em Munique pelo Booking

DEIXE SEU COMENTÁRIO